segunda-feira, 08/10/2012
Imprensa

Educação leva 320 alunos da região de Barretos a atividades culturais neste mês

A ação integra os projetos Lugares de Aprender e Escola em Cena, do programa Cultura é Currículo, que oferece aos estudantes a oportunidade de visitar gratuitamente museus, parques, centros e institutos de arte e cultura  A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo leva 320 alunos do Ensino Fundamental e Médio de escolas estaduais […]

A ação integra os projetos Lugares de Aprender e Escola em Cena, do programa Cultura é Currículo, que oferece aos estudantes a oportunidade de visitar gratuitamente museus, parques, centros e institutos de arte e cultura

 A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo leva 320 alunos do Ensino Fundamental e Médio de escolas estaduais localizadas na região de Barretos a atividades culturais até o fim deste mês. A ação integra os projetos Lugares de Aprender e Escola em Cena, do programa Cultura é Currículo, que oferece aos estudantes a oportunidade de visitar gratuitamente museus, parques, centros e institutos de arte e cultura e de assistir a espetáculos de teatro e dança. A programação inclui visitas a instituições culturais da região, como o Museu Histórico Artístico e Folclórico Ruy Menezes.

Em todo o Estado, durante este mês, os projetos beneficiarão 243.280 alunos da rede estadual de ensino, com investimento de R$ 6,5 milhões. Estão previstas visitas a 173 instituições culturais parceiras. As vagas são disponibilizadas mensalmente às diretorias regionais de ensino, que as distribuem às escolas estaduais. O transporte e o lanche dos estudantes são fornecidos pela pasta.

         Ao longo do ano estão previstas mais de 20 mil atividades culturais para 815 mil alunos em todo o Estado. Até o fim do ano, deverão ser investidos mais de R$23,2 milhões em ambos os projetos.

 

Sobre o Cultura é Currículo

Implantado em 2008, o Cultura é Currículo está inserido na proposta curricular, com objetivo de democratizar o acesso de professores e alunos da rede estadual a produções culturais que contribuam para ampliar sua formação. O programa foi concebido conforme o Currículo do Estado de São Paulo, observando as orientações pedagógicas da Coordenadoria de Gestão da Educação Básica (CGEB).