terça-feira, 13/01/2015
Releases

Educação paga um terço das férias a 144 mil servidores nesta quinta-feira

Pagamento será feito em duas parcelas, em janeiro e em julho. Atualmente, professores da rede paulista recebem um piso 25,9% superior ao nacional         Professores da rede estadual de ensino recebem nesta quinta-feira (15) o pagamento proporcional a 1/3 das férias (referente a 15 dias). O benefício será oferecido pela Secretaria da Educação do Estado […]

Pagamento será feito em duas parcelas, em janeiro e em julho. Atualmente, professores da rede paulista recebem um piso 25,9% superior ao nacional

        Professores da rede estadual de ensino recebem nesta quinta-feira (15) o pagamento proporcional a 1/3 das férias (referente a 15 dias). O benefício será oferecido pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo a 144 mil docentes, todos que lecionam há mais de um ano na rede. A próxima parcela está programada para julho.

        Nos últimos quatro anos, os servidores da educação conquistaram um reajuste acumulado de 45,1%. O aumento salarial faz parte da política da Secretaria que estabeleceu um plano de carreira inédito, que permitiu maior evolução e aumentos salariais progressivos.

Atualmente, o salário de um professor que leciona 40 horas para os anos finais do Ensino Fundamental e para o Ensino Médio  está em R$ 2.415,89. O valor é 25,9% superior ao piso nacional reajustado, que é de R$ 1.917,78.

“A Secretaria tem como foco a valorização dos profissionais que atuam diariamente na rotina das escolas e se preocupam na educação de mais de 4 milhões de alunos, entre crianças, jovens e adultos, matriculados na rede estadual de ensino”, afirma o secretário da Educação do Estado, professor Herman Voorwald.

Além dos reajustes anuais, os profissionais da Educação também têm a chance de conquistar aumento de 10,5% a partir do programa de valorização do mérito e prática pedagógica e de 5% referentes às qualificações adquiridas ao longo da carreira. Desde 2010, quando o exame foi implantado, mais de 100 mil servidores já foram contemplados.