quinta-feira, 06/12/2012
Últimas Notícias

Educadores apresentam propostas pedagógicas em II Fórum de Arte

Cerca de 850 professores coordenadores do Núcleo Pedagógico de Artes, docentes de arte dos anos iniciais e supervisores de ensino participaram da 2ª edição do Fórum “O Ensino de Arte nos Anos Iniciais”, no município de Serra Negra, entre os dias 3 e 5 de dezembro. O evento teve como objetivo compartilhar com os participantes […]

20120925_headers_template_frumdeartes_620

Cerca de 850 professores coordenadores do Núcleo Pedagógico de Artes, docentes de arte dos anos iniciais e supervisores de ensino participaram da 2ª edição do Fórum “O Ensino de Arte nos Anos Iniciais”, no município de Serra Negra, entre os dias 3 e 5 de dezembro.

O evento teve como objetivo compartilhar com os participantes a versão final das propostas de aprendizagem que irão compor o currículo de Arte no ano letivo de 2013.

Os educadores puderam acompanhar apresentações artísticas, além de oficinas de trabalho e palestras sobre a inserção da disciplina de Arte e suas 4 linguagem artísticas (Artes Visuais, Dança, Música e Teatro) na grade curricular dos anos iniciais.

Roseli Ventrella, integrante da Equipe Curricular de Arte da Coordenadoria de Gestão da Educação Básica (CGEB), falou sobre a inserção da disciplina na rotina escolar dos estudantes. “Estamos propondo ações que insiram o aluno dos anos iniciais na disciplina, colocando em questão o uso e a concepção da Arte para que a criança seja alfabetizada e assim se desenvolva dentro das quatro linguagens, que são as artes visuais, o teatro, a música e a dança”,  ressaltou a educadora.

“Queremos que a arte seja valorizada e vista como disciplina de grande importância para formação cultural do ser humano e que além disso, o professor tenha segurança e competência para trabalhar as quatro linguagens em sala de aula”, destacou ainda Roseli.

Ponto alto do encontro, as oficinas de artes visuais, teatro, música e dança ofereceram aos professores coordenadores do Núcleo Pedagógico de Artes a oportunidade  de aprender a compartilhar experiências com educadores vindos de todo o Estado. O conteúdo foi abordado de maneira que os profissionais pudessem replicá-lo aos demais professores existentes em cada região, e consequentemente utilizá-los em sala de aula.

“O teatro trabalha fortemente a desenvoltura escritora e mentora do aluno, ampliando suas capacidades. Contribui também para a socialização com os demais, focando no respeito ao próximo e no trabalho em equipe”, ressaltou a professora coordenadora do Núcleo Pedagógico de Arte da Diretoria de Ensino de Itapetininga e integrante da equipe responsável pelas oficinas de teatro, Camila Aparecida Santi Ramos.