segunda-feira, 04/11/2013
Professores e Funcionários

Educadores que participaram do processo de promoção podem consultar notas

Professores, supervisores e diretores devem realizar consulta pelo site da Vunesp

Os educadores que participaram do processo de promoção, promovido por meio do Programa de Valorização pelo Mérito, podem consultar suas notas pelo site da Vunesp. Os professores, supervisores de ensino e diretores, que conquistaram um novo salário após passarem por processo de desempenho, devem inserir o CPF para conferir o resultado.

Clique aqui para consultar a nota

Para chegar ao resultado final, as notas das provas objetiva e dissertativa foram somadas para obter a média aritmética. Da Faixa 1 para a Faixa 2, foram aprovados os candidatos que conquistaram nota igual ou superior a seis pontos. Já da Faixa 3 para a Faixa 4, foram aprovados os que alcançaram nota igual ou superior a sete pontos. De acordo com o edital, não é possível solicitar revisão da prova dissertativa, seja qual for o motivo alegado.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

O resultado da promoção, com a lista de profissionais, foi publicado neste sábado (2), no Diário Oficial do Estado de São Paulo, a partir da página 67 da Seção II – Executivo. O educador pode utilizar o sistema de busca para saber se foi contemplado.

– Confira aqui o resultado da promoção no Diário Oficial

O processo de promoção teve a participação de 46,3 mil profissionais. Os docentes promovidos devem esperar um intervalo mínimo de três anos para concorrer em novo processo. A avaliação é repetida anualmente para os profissionais da Educação e os contemplados recebem 10,5% de aumento do salário-base o que também amplia os valores das vantagens financeiras adquiridas durante a vida funcional.

Programa de Valorização pelo Mérito

Com a promoção, a Secretaria aumenta em R$ 5,6 milhões a folha de pagamento mensal da rede de ensino e o próximo salário será depositado no 5º dia útil de dezembro. O retroativo ao mês de julho será pago em folha suplementar. Além da avaliação aplicada em todas as 91 Diretorias de Ensino, são exigidos outros critérios para participar do processo, como tempo de atuação contínuo de pelo menos quatro anos no mesmo cargo e o mínimo de 2.304 pontos de assiduidade, no caso de servidores enquadrados na Faixa 1 de salário por exemplo.

Foram promovidos 9.659 educadores da faixa 1 para a faixa 2, o que representa um ganho salarial de até R$ 386,00 mensais para cada servidor. Neste ano, pela primeira vez, o alcance da Valorização pelo Mérito foi ampliado e também puderam participar os funcionários que estão na faixa 3. Foram 6.649 profissionais que passaram para a faixa 4, com uma ampliação salarial que pode chegar a R$ 472,00.

“Estimular os nossos servidores a buscarem constantemente a melhora do desempenho é uma das formas de valorizar quem atua na maior rede de ensino do País. Este é o nosso compromisso e os resultados indicam que chegamos a 101 mil educadores promovidos por este mecanismo ao longo de quatro anos”, afirma o secretário da educação, professor Herman Voorwald

Para saber mais, acesse a intranet da Educação

A promoção por desempenho faz parte da política de valorização da Secretaria. Em julho, foi concedido aumento salarial de 8,1% a todos os servidores da Educação, incluindo aposentados, o que garante em lei uma evolução escalonada de 45% até o ano que vem. Em paralelo, a Educação promove o maior concurso da história do magistério paulista em 17 de novembro para 59 mil professores.