terça-feira, 09/04/2013
Sociedade

Encceja: exame acontecerá no dia 14 de abril. Confira aqui os locais de prova

Jovens e adultos que querem concluir o Ensino Fundamental devem participar da avaliação

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) será realizado no dia 14 de abril. O exame, que garante o certificado do Ensino Fundamental, é destinado aos candidatos que tenham 15 anos ou mais e que não concluíram essa etapa da escolarização.

– Consulte aqui o seu local de prova

– Veja aqui o edital

Os portões de acesso aos locais de provas serão abertos às 7h, no turno da manhã, e às 13h, no turno da tarde. Os alunos terão 1 hora para entrar, até que os portões sejam fechados. Recomenda-se aos candidatos que compareçam ao local do exame com antecedência de uma hora do horário fixado para seu início, portando documento com foto e caneta esferográfica de tinta preta fabricada em material transparente.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Sobre o Encceja

O Encceja constitui-se em uma avaliação para aferição de competências e saberes de jovens e adultos, inclusive às pessoas privadas de liberdade. No entanto, no caso dos candidatos reclusos, as informações sobre o exame serão divulgadas em outro edital, que deve ser publicado em breve.

No Brasil e no exterior, o exame pode ser realizado para pleitear certificação no nível de conclusão do Ensino Fundamental para quem tem no mínimo 15 (quinze) anos completos na data de realização das provas. Além da certificação no nível de conclusão do Ensino Fundamental, os brasileiros residentes no exterior podem pleitear a certificação no nível de conclusão do Ensino Médio desde que tenham no mínimo 18 (dezoito) anos completos na data de realização das provas.

No Brasil, com a instituição do novo Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM, a partir de 2009 o ENCCEJA passou a ser realizado visando à certificação apenas do Ensino Fundamental, pois a certificação do Ensino Médio passou a ser realizada com os resultados do ENEM. Para mais informações, acesse o site do INEP.