terça-feira, 23/06/2009
Últimas Notícias

Escola da Praia Grande é bicampeã do Desafio da Unicamp

Escola de Paulínia também foi premiada com guindaste feito com material reciclável Os alunos da Escola Estadual Adelaide Patrocínio dos Santos, em Praia Grande, litoral sul de São Paulo, venceram pela segunda vez consecutiva o Desafio da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). A equipe Fort Local, composta por seis estudantes, ganhou na categoria Fundamental I, […]

Escola de Paulínia também foi premiada com guindaste feito com material reciclável

Os alunos da Escola Estadual Adelaide Patrocínio dos Santos, em Praia Grande, litoral sul de São Paulo, venceram pela segunda vez consecutiva o Desafio da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). A equipe Fort Local, composta por seis estudantes, ganhou na categoria Fundamental I, no quesito Desempenho. O grupo desenvolveu um equipamento que recolhia o ovo do gavião-real para dentro de um cesto, antes que o outro filhote pudesse atacá-lo.

Na edição de 2008, a unidade do litoral paulista também venceu na mesma categoria, com um protótipo de colheitadeira de laranjas feito com materiais recicláveis como garrafas PET e madeira. A máquina coletou laranjas em um pomar artificial criado na própria Unicamp.

Outra escola estadual vencedora do Desafio, em duas categorias diferentes, foi a Porphyrio da Paz, em Paulínia. Os alunos receberam prêmios na categoria Trabalho em Equipe Fundamental II e também na Equipe Comunitária. Os seis jovens da equipe Cientistas Loucos fizeram uma espécie de guindaste, com material reciclável, para retirar o ovo do ninho.

As duas equipes receberam livros e ingressos para visitar programas culturais, como museus e exposições.

Preservação do gavião-real

Neste ano, o Desafio Unicamp premiou estudantes que conseguiram desenvolver um equipamento capaz de resgatar os ovos do gavião-real.

A ave bota dois ovos por vez, mas assim que um dos filhotes nasce, ele mata o outro para evitar a competição por alimento. O desafio é retirar um destes ovos antes que mais um exemplar da espécie seja extinto. O ovo será levado para cativeiro e alimentado pelos cientistas até que ele consiga se alimentar sozinho.