quinta-feira, 24/10/2013
Pais e Alunos

Escola de Penápolis utiliza rádio como ferramenta de projeto de proteção escolar

Objetivo é conscientizar adolescentes sobre bullying, drogas e sexualidade

Uma das missões que as professoras Osmélia Altimari e Valéria Ramires se propuseram quando começaram a lecionar na E.E. Adelino Peters, em Penápolis, era informar os alunos sobre seus direitos e conscientizá-los de seus deveres enquanto cidadãos. “A gente se preocupa com o futuro do País e achamos que o segredo está em educar bem os nossos jovens”, conta Osmélia, que leciona Ciências. 

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

O projeto desenvolvido pelas educadoras busca a prevenção escolar e o protagonismo juvenil. São abordados temas como bullying, drogas e sexualidade por meio de palestras, filmes e teatro. As mensagens de conscientização são divulgadas em uma rádio local da cidade de Penápolis, onde está localizada a unidade escolar.

“Nossos alunos se envolvem em tudo, inclusive nas locuções”, diz Osmélia, que contou que a escola fez uma parceria com a rádio a fim de estimular o lado comunicativo dos alunos. Lá, eles gravam teasers com dicas e informes, que são propagados para os jovens da comunidade local. “O intuito é ampliar o trabalho que fazemos aqui para todos os adolescentes da cidade”, explica. 

A iniciativa tem dado certo. “Achei muito legal gravar numa rádio”, conta o aluno Danilo Donizete de Oliveira. “Foi uma nova experiência muito boa que a escola proporcionou para gente”, avalia o adolescente Kevin Araújo de Oliveira.

O projeto de conscientização e prevenção também tem gerado bons resultados. “Percebi que o número de alunas grávidas e os casos de bullying, por exemplo, diminuíram. Além disso, notamos que o rendimento dos alunos aumentou”, contabiliza a professora.

Sistema de Proteção Escolar 

Desde 2009, a Secretaria da Educação desenvolve o Sistema de Proteção Escolar, que se caracteriza por um conjunto de métodos e ações interdependentes voltados à melhoria das relações de convivência nas escolas, à integração entre as unidades escolares e a rede de garantia dos direitos da criança e do adolescente e à proteção da comunidade escolar e do patrimônio público. Saiba mais na página do programa.