sexta-feira, 31/07/2020
Boas Práticas

Escola de São Bernardo do Campo trabalha relação da matemática com a música

A ideia é fazer com que os alunos entendam essa ligação por meio das teorias do filósofo e matemático Pitágoras

A escola estadual Professora Clarice de Magalhães Castro, em São Bernardo do Campo, propôs uma eletiva diferente para os estudantes do ensino fundamental: entender a ligação das notas musicais com a matemática por meio de atividades no Google Classroom.

A professora da disciplina, Marisa Manieri, explica que o primeiro passo foi dado antes da pandemia, quando os alunos pesquisaram sobre a história das notas musicais.

“Demos continuidade ao trabalho iniciado presencialmente de forma remota. A primeira proposta foi para que os estudantes produzissem sons com objetos do dia a dia, em casa. Uma das alunas encheu os copos com quantidades distintas de água dentro e, ao tocar, cada uma emitia um som diferente. Pitágoras foi quem descobriu essa relação da música com a matemática na relação das divisões das notas musicais com uma corda que, quando divididas, emitiam sons diferentes. O som produzido era exatamente o mesmo, só que mais agudo”, ressalta a docente.

Na segunda etapa, os alunos tiveram que pesquisar uma forma de fazer instrumentos musicais domésticos. De acordo com a professora, cada um fez um material diferente com material reciclado.

“Eu gosto muito de trabalhar a prática de matemática, para que o aluno enxergue que essa é uma disciplina para a vida. Como a eletiva é do ensino fundamental, os próprios alunos não imaginavam que tinha essa relação. Na música existe um intervalo, um método, e a matemática tem essa relação, que está em vários locais e na música também”, completa Marisa Manieri.

Segundo a docente, a eletiva vai continuar nesse semestre e a ideia é que os estudantes comecem a entender o intervalo de tempo e cálculos, de que forma pode aumentar o som, se diminuir o espaço de tempo.

“A ideia é produzir uma eletiva que eles façam músicas, com a habilidade leitora e escrita. Na próxima etapa será proposto que eles elaborem a letra de uma música. A ideia é que a gente consiga tocar uma música com os instrumentos que eles fizeram em casa”, complementa a professora.