sexta-feira, 20/10/2006
Últimas Notícias

Escola Estadual da zona leste da Capital comemora 25 anos neste sábado

Programação inclui festa para crianças, à tarde; e coquetel a partir das 19 horas   Vinte e cinco anos de história. Data mais do que suficiente para unir professores, alunos, funcionários e toda a comunidade em torno da festa por quase três décadas de fundação da Escola Estadual Orestes Rosolia. As comemorações começam à tarde […]

Programação inclui festa para crianças, à tarde; e coquetel a partir das 19 horas  

Vinte e cinco anos de história. Data mais do que suficiente para unir professores, alunos, funcionários e toda a comunidade em torno da festa por quase três décadas de fundação da Escola Estadual Orestes Rosolia. As comemorações começam à tarde com uma festa para as crianças.

À noite, a partir das 19 horas, haverá um coquetel com a presença dos supervisores de ensino, dirigentes da zona leste, representantes da Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas (CENP) e da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE), antigos diretores da escola e as duas filhas do professor Orestes Rosolia.

Sobre a unidade escolar

Fundada em 1981 com o nome de 6ª EEPG do Conjunto Habitacional de Itaquera, a unidade escolar foi rebatizada anos depois como EEPG Prof. Orestes Rosolia, até ganhar o nome atual: Escola Estadual Prof. Orestes Rosolia. Hoje atende um total de 2.159 alunos, incluindo alunos de 5ª a 8ª séries do ensino fundamental e também de ensino médio, distribuídos em 50 classes. Conta com biblioteca, laboratório de informática, e sala de TV e vídeo.

Vários projetos

Em 25 anos de existência, a Escola Estadual Orestes Rosolia desenvolveu inúmeros projetos voltados para aperfeiçoar a prática do aprendizado. Entre as principais iniciativas, destacam-se:

Brasil camaleão: Trata de questões de relevância social-histórico-culturais da formação de nossa sociedade e da contribuição dos povos na formação do território brasileiro, dando ênfase aos povos africanos e indígenas.

Projeto Coral: Enfatizando a música popular brasileira, os alunos e comunidade que participam do projeto, aprendem a desenvolver o gosto musical, por meio de técnicas especificas de canto e prática de instrumentos. O grupo se apresenta em atividades festivas e no coral de natal.

Projeto Festa das Nações: Mobiliza todos os cursos e períodos da escola. Os alunos criaram salas temáticas de países, ressaltando sua contribuição tecnológica, histórica e social para toda a humanidade. Destaque especial para o Brasil, onde são trabalhadas as regiões, fauna, flora, artesanato e cultura local. Conta com a participação da TV Cultura, que transmitiu o evento.

Projeto Xadrez: Iniciado em 2002, consiste em conhecimento histórico sobre o xadrez, com a adequação do jogo à matemática. São ensinadas regras e técnicas do jogo aos alunos, o que resultou no prêmio de Campeão Estadual na Categoria infantil masculina, em 2005, na cidade de Águas de Lindóia.

Quem foi Orestes Rosolia

O educador nasceu em 10 de setembro de 1905, e faleceu em 6 de janeiro de 1981. Com diversos livros publicados, tinha conhecimento de latim, grego, francês e italiano. Foi diretor superintendente substituto do Instituto de Educação Caetano de Campos (61 e 62); vice-diretor indicado pela respectiva Congregação do Instituto de Educação Caetano de Campos; professor concursado de História Geral e do Brasil do Instituto de Educação Caetano de Campos (1939 a 1966); professor de ensino particular desde 1925;  professor da Faculdade de Filosofia São Bento, da Pontifica Universidade Católica de S.P; e diretor pedagógico da Escola Normal Particular Dante Alighieri, do Colégio Dante Alighieri (1966 a 1969).