segunda-feira, 29/11/2021
Notícia

Escola estadual em Mairinque organiza ‘aulão’ pré-ENEM com influenciadores de educação da região

Mais de 100 estudantes de duas unidades participaram da ação que antecedeu o segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio

No último sábado (27), mais de 100 estudantes das Escolas Estaduais Professora Maria de Oliveira Lellis Ito e Professora Altina Júlia de Oliveira, em Mairinque, participaram de um ‘aulão’ preparatório para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Realizado na primeira unidade, a ação foi feita em parceria com os professores e influenciadores digitais da região, Kaká e Viní, e organizado pela professora coordenadora Renata Corazzari.

O evento, que teve duração de três horas, contou com a presença de estudantes das 2ª e 3ª séries do ensino médio, que tiveram a oportunidade de rever os conteúdos de maior relevância das áreas de conhecimento cobradas na prova, de maneira leve e descontraída.

O ‘aulão’ faz parte de um projeto criado pelos professores e influenciadores digitais Carlos de Campos, o Kaká, e Vinicius Oliveira, o Viní, que dão aulas em um curso pré-vestibular em Mairinque e possuem um canal no YouTube para facilitar o acesso a todos os estudantes que vão passar pela maratona do Enem e outros vestibulares.

“Nosso projeto é totalmente voluntário, o objetivo foi revisar, de uma forma bem leve, alguns conceitos importantes com bastante música, dinâmica e com muita interação, de forma que o aluno se sinta seguro, bem fisicamente e com a mente serena para enfrentar a maratona que é o Enem”, contou Kaká.

A estudante Mariana de Oliveira Silva está prestando o ENEM pela primeira vez, e aproveitou a oportunidade para revisar alguns tópicos. “Está sendo incrível essa experiência, em véspera de Enem ficamos nervosos e ver uma aula divertida como essa ajuda a relembrar conteúdos importantes ainda mais depois de um ano de pandemia”, avaliou.

“Além de organizar aulas como essa, também faz parte da rotina da escola preparar kits para os alunos durante os dias de provas. Alguns professores e eu vamos para a porta dos locais de prova para entregar kits com água, caneta, chocolates e algumas coisinhas para ajudá-los. Faz parte das ações de acolhimento da nossa escola”, explicou a diretora Stella Maris Melguizo Chesini.