quarta-feira, 09/05/2018
Foto divulgação
Boas Práticas

Escola promove a Festa da Família em consonância ao Dia das Mães

Aberto à comunidade, o evento será no sábado (12), às 10h, na escola Bibliotecaria Maria Luisa Monteiro Da Cunha

Na escola Bibliotecária Maria Luísa Monteiro da Cunha, o Dia das Mães é, na verdade, um excelente momento para promover o fortalecimento da comunidade escolar. Com isso, no próximo sábado (12), alunos, professores e funcionários da unidade recepcionam integrantes da comunidade local durante a Festa da Família, o que promete estreitar ainda mais os laços. O evento será das 10h às 14h.

Paula Balardi Viana, coordenadora pedagógica da unidade escolar, conta que a Festa da Família existe há três ou quatro anos, e explica que “é uma prática habitual da escola para que haja o fortalecimento da relação das famílias com a unidade”. A data foi escolhida a dedo pela proximidade com o Dia das Mães, assim é possível trabalhar com as crianças a questão da diversidade, tema frequente durante todo o ano letivo.

“A estrutura familiar não é mais a mesma, e nós temos que aprender a conviver com essa diversidade. A partir do desenvolvimento dos nossos trabalhos, essas questões de preconceitos étnico raciais e de todo mundo sabendo conviver dentro do mesmo espaço ficou muito claro para as crianças”, esclarece Paula Balardi.

“Porque aqui a gente tem essas diferenças de estrutura familiar, são dois pais, são duas mães, é a avó que cuida… E a gente começou a trabalhar isso”, complementa o vice-diretor da unidade de ensino, Mauricio Francisco de Almeida. Segundo ele, o evento contribui com o afeto ao próximo. “Quem tem aquela família tradicional demonstra mais carinho e respeito para com o outro”, fala o vice-diretor.

E os benefícios da Festa da Família são compartilhados pelos alunos. Sofia de Carvalho, que tem apenas 10 anos de idade, compreende que a iniciativa reúne os alunos para que eles façam “uma coisa especial. Tem muitas famílias separadas e quando a gente convida eles se reúnem, ficam mais juntos, uma coisa que nem sempre acontece em casa. Por exemplo, a mãe trabalha, o pai trabalha e fica menos com o filho”, elucida a pequena aluna.

Coleguinha de Sofia, e também com 10 anos, Larissa Paulino Maia está contando os dias para ir à festa. “Eu vou com a minha mãe, com a minha irmã e acho que com meu irmão. E eu acho bem bacana, porque serve para reunir as famílias e para as pessoas conhecerem as famílias das outras pessoas, para conhecer gente nova”, explica a estudante.

Ambas, Sofia e Larissa, vão apresentar juntamente com os demais alunos do 5º ano do Ensino Fundamental, uma paródia da música Trem Bala, da cantora Ana Vilela. Na canção, os próprios alunos alteraram a letra para que se encaixe perfeitamente com o tema ‘Família’.

A Festa da Família tem como finalidade valorizar as relações entre família, escola e comunidade, promovendo momentos de reflexão, descontração, informação, discussão de assuntos de interesse social, educacional e familiar, além de orientar e estimular os pais e responsáveis para que tenham um papel mais ativo na vida de seus filhos, assumam suas responsabilidades e tenham o conhecimento para atuar com eficiência na grande missão de formar e educar suas famílias, independentemente de sua composição familiar.

Serão desenvolvidas atividades como canto, música, dança e leitura de poesias que trabalham valores e atitudes solidárias, a tolerância, o respeito às diferenças e a responsabilidade.