quarta-feira, 16/07/2003
Últimas Notícias

Escolas de São Carlos desenvolvem atividades de Educação Ambiental

Há seis anos, a EE Profª Attília Prado Margarido e a EE Prof. Bento da Silva César vêm desenvolvendo diversas atividades ligadas à Educação Ambiental. A história é conhecida no município no que se refere à recuperação da nascente de um dos afluentes do córrego Mineirinho, o Santa Fé. Aos poucos, outras unidades escolares pertencentes […]

Há seis anos, a EE Profª Attília Prado Margarido e a EE Prof. Bento da Silva César vêm desenvolvendo diversas atividades ligadas à Educação Ambiental. A história é conhecida no município no que se refere à recuperação da nascente de um dos afluentes do córrego Mineirinho, o Santa Fé. Aos poucos, outras unidades escolares pertencentes ao bairro Santa Felícia e adjacências vêm se envolvendo em várias atividades, principalmente nas que dizem respeito aos córregos citados.

Esse projeto de Educação Ambiental está sendo realizado graças às parcerias das escolas com várias instituições como o Centro de Divulgação Científica e Cultural da USP, Diretoria de Ensino da Região  de São Carlos, Secretaria Municipal de Educação e Cultura, SENAC São Carlos e Secretaria de Desenvolvimento Sustentável, Ciência e Tecnologia.

Para atingir os objetivos do projeto, as escolas estão sensibilizando os alunos a respeito da carência de arborização no bairro, através de um levantamento do número de árvores por quadra. Posteriormente, são discutidos os benefícios e a importância das árvores, elaborando-se ações de intervenção na comunidade, no sentido de arborizar a região.

Pelo segundo ano consecutivo, o município de São Carlos comemorou a Semana de Gestão Ambiental. No último dia 5 de junho, Dia do Meio Ambiente, as escolas participantes do Projeto de Educação Ambiental organizaram um evento no Ginásio de Santa Felícia, com a presença de educadores da região e a diversas apresentações referentes ao tema pelos alunos da  rede estadual. Na ocasião, a contadora de histórias Maria Sílvia, do CDCC, fez uma interpretação sobre coleta seletiva de lixo.

É importante ressaltar que os convites para esse evento foram feitos pelos próprios alunos, em papel reciclado, num trabalho de cooperação entre todas as escolas participantes do projeto.

Adriana Oliveira