quinta-feira, 08/10/2020
Ensino Integral

Escolas estaduais de Piracicaba retomam atividades presenciais e demonstram interesse em aderir Programa de Ensino Integral 

Secretário Rossieli Soares visitou unidades da cidade durante a retomada das aulas e ouviu a comunidade sobre o assunto 

O secretário estadual da Educação Rossieli Soares visitou, durante toda a manhã desta quinta-feira (8), uma série de escolas estaduais em Piracicaba, nesta retomada opcional para atividades extracurriculares. Ao todo, 14 escolas da cidade voltaram a receber alunos, sempre seguindo todos os protocolos de segurança em saúde e equipadas com totens de álcool gel, aferição de temperatura, distribuição de máscaras, distanciamento e orientação a todos. Desde o início de 2020, as escolas estaduais da cidade já receberam R$ 6,4 milhões para investimentos pelo Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE Paulista).

Nos encontros, o secretário conversou com alunos, professores e toda a comunidade escolar, que também demonstrou interesse no modelo do Programa Ensino Integral. “Estamos em um processo de adesão e vamos trabalhar para conseguir o maior número de escolas de tempo integral aqui na cidade”, disse o secretário.

As escolas de Ensino Integral têm carga horária estendida, entre 7h a 9h, fomentam o protagonismo juvenil e o desenvolvimento cognitivo e socioemocional.  Depois de expandir o Programa de Ensino Integral para 247 novas unidades no ano passado, o Governo de São Paulo anunciou que mais escolas poderão manifestar interesse em aderir ao programa neste ano.

Além do modelo, que permite ao aluno desenvolver habilidades e projeto de vida em uma carga horária ampliada, a diretora da EE João Guidotti, Deusa Aparecida Caires Lopes, também destaca a oportunidade do Novotec na unidade, que também teve as atividades retomadas nesta semana. “Muitos alunos estão em situações muito vulneráveis, então essa é uma oportunidade maravilhosa para já saírem da escola com um ensino técnico”, comentou. Em Piracicaba, o Novotec também é oferecido pela EE Bairro Santo Antônio.

Para participar, é preciso ser aluno de qualquer uma das séries do ensino médio e se inscrever pelo site do Novotec http://www.novotec.sp.gov.br. Estudantes da modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA) das escolas estaduais e concluintes do ensino médio ou EJA médio de dezembro/2018 até dezembro/2019 também poderão se inscrever.

Além dos cursos de Lógica de Programação, Banco de Dados, Gestão Administrativa e Planejamento Empresarial, que já faziam parte da modalidade, quatro novas opções estão disponíveis, Desenvolvimento Web, Finança na Empresa, Desenvolvedor Mobile e Espanhol Básico.

Volta segura 

A reabertura deve respeitar limites máximos de alunos e protocolos sanitários. Nas redes privadas e municipais, a educação infantil e os anos iniciais do ensino fundamental podem ter até 35% dos alunos por dia em atividades presenciais. Para os anos finais dos ensinos fundamental e médio, o limite máximo é de 20%. Nas escolas estaduais, só é permitido o atendimento de até 20% em todas as etapas.

Para a volta gradual às aulas, o estado disponibilizou R$ 50 milhões por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola para aquisição de materiais de higiene e adaptação de banheiros. Para garantir a segurança da comunidade escolar na rede estadual, a Secretaria da Educação vai distribuir 12 milhões de máscaras de tecido, 300 mil protetores faciais de acrílico, 10.168 termômetros a laser, 10 mil totens de álcool em gel, 221 mil litros de sabonete líquido, 78 milhões de copos descartáveis, 112 mil litros de álcool em gel e 100 milhões de unidades de papel toalha.