segunda-feira, 19/09/2016
EJA - Educação de Jovens e Adultos

Escolas estaduais de Sorocaba participam de maratona dedicada à leitura

Seis unidades da cidade estão confirmadas na campanha mundial #diadelertododia

 
Pelos próximos sete dias, alunos de Sorocaba participarão de uma maratona. A disputa não será nas pistas, mas nas salas de aula, bibliotecas e outros espaços dedicados à leitura no município. A ação faz parte de uma campanha mundial, que começa nesta segunda-feira (19), e deve reunir, ao menos, seis unidades da rede estadual. Por 168 horas, crianças e jovens podem compartilhar as experiências nas redes sociais com ajuda da hashtag #diadelertododia.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Na E.E. Julia Rios Athayde, uma das participantes, a equipe de coordenadores e professores de Língua Portuguesa planeja um sarau para estudantes dos Anos Iniciais e Finais do Fundamental. Na E.E. Professora Genézia Izabel Cardoso Mencacci, local onde já existe um Clube do Livro, os alunos serão convidados para a Primavera Literária com direito a piquenique literário e contação de histórias.

Não é de hoje que Sorocaba se dedica ao tema. Em julho, por exemplo, desde que foi revitalizada, a nova sala de leitura da E.E. Julio Prestes de Albuquerque é a parada obrigatória dos estudantes. Já na E.E. Dionysio Vieira, um projeto em conjunto com o professor de Sociologia propõe a leitura e a discussão de clássicos da literatura. Além disso, a escola mantém um acervo informatizado, que permite o acesso às obras de qualquer lugar.

Estímulo à leitura nas salas de aula

Para estimular a leitura nas salas de aula da rede estadual paulista, a Secretaria da Educação oferece aos alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental, do Ensino Médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) as Salas de Leitura, espaço pedagógico de trabalho interdisciplinar que incentiva a leitura e apoia o currículo escolar.

Nesses espaços são oferecidos livros, jornais, folhetos, catálogos, vídeos, DVDs, CDs, além de orientações para pesquisa e letramento informacional. Um levantamento realizado pela Educação no último semestre revelou as preferências de leitura dos estudantes das escolas estaduais. De acordo com os 150 mil voluntários que participaram da consulta online, o livro “O diário de Anne Frank”, lançado pela primeira vez em 1947, é o preferido.