sexta-feira, 28/02/2014
Educação Indígena

Escolas estaduais reúnem alunos de 29 dos 32 países participantes da Copa do Mundo

Número de estrangeiros na rede cresceu neste ano letivo e passou de 7,1 mil para 7,5 mil

A Educação do Estado acaba de concluir um levantamento que mostra que as escolas estaduais reúnem alunos de 29 dos 32 países que vão disputar a Copa do Mundo. São quatro milhões de estudantes brasileiros e dois mil alunos de outras 28 nacionalidades que estarão presentes no maior campeonato de futebol do planeta.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Entre os dois mil alunos mapeados, a maioria é do Japão, que somam 1.103 ou 53%, seguidos de 197 portugueses. Confira aqui a lista completa.

Das nações que disputam a Copa, a rede estadual de ensino só não tem nascidos na Bélgica, Croácia e Gana.

Crescimento

O levantamento da Educação aponta também que houve um aumento no número de alunos estrangeiros matriculados nas escolas estaduais em relação ao ano passado. Enquanto eram 7,1 mil alunos de 90 países em 2013, em 2014 são 7,5 mil estudantes estrangeiros de 94 nacionalidades diferentes.

Para os alunos estrangeiros, a Educação tem um Núcleo de Inclusão Educacional, criado para definir diretrizes para a recepção destes estudantes.  

“Nosso núcleo de inclusão é pioneiro em traçar definições para aprimorar a educação inclusiva, atuando no atendimento a esses alunos estrangeiros, na área da educação indígena e quilombola, entre outros. A atuação permite a troca de experiência entre as escolas para subsidiar professores, diretores e supervisores”, afirma a coordenadora da Gestão de Educação Básica (CGEB) da Secretaria, Maria Elizabete da Costa.