segunda-feira, 22/09/2008
Últimas Notícias

Estado abre participação no Saresp para escolas particulares

A partir desta segunda-feira as escolas privadas e municipais têm prazo para preencher termo de adesão A Secretaria de Estado da Educação decidiu abrir o Saresp (Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo) à participação de escolas particulares. Qualquer unidade privada poderá ter acesso à mais completa avaliação de aprendizagem do […]

A partir desta segunda-feira as escolas privadas e municipais têm prazo para preencher termo de adesão

A Secretaria de Estado da Educação decidiu abrir o Saresp (Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo) à participação de escolas particulares. Qualquer unidade privada poderá ter acesso à mais completa avaliação de aprendizagem do Estado.

Nesta segunda-feira, 22 de setembro, a Secretaria inicia o período para adesão de escolas privadas. As que quiserem participar devem preencher, até 6 de outubro, termo via site da Secretaria ( www.educacao.sp.gov.br ).

Em 2007 apenas a rede estadual de Educação participou do Saresp. Em junho deste ano a Secretaria anunciou a abertura para as redes municipais, que terão o mesmo período para adesão (também no site da Secretaria).

Prefeituras e escolas particulares deverão arcar com os custos de geração e aplicação das provas, processamento de resultados e boletins. Após a adesão, manterão contato diretamente com a Fundação Cesgranrio, contratada pela Secretaria para prestação de serviços no Saresp. As redes ou escolas que aderirem terão de aplicar a avaliação nas séries definidas pela Secretaria, em todos os alunos dos períodos manhã, tarde e noite .

O Saresp voltou a ser aplicado pelo governo do Estado em 2007, após não acontecer em 2006. Neste ano avaliará, em 25 e 26 de novembro, todos os alunos de 2ª, 4ª, 6ª e 8ª séries do Ensino Fundamental e 3ª série do Ensino Médio da rede estadual, sempre em língua portuguesa, matemática e ciências da natureza (esta última é novidade – não foi avaliada em 2007).

“Todo o processo de elaboração será da Secretaria de Estado da Educação. Estamos ampliando a possibilidade de utilização do Saresp. As escolas municipais, por exemplo, poderão criar metas a partir dos resultados dos alunos”, afirma a secretária de Estado da Educação, Maria Helena Guimarães de Castro.

Em 2007 a Secretaria possibilitou que o Saresp fosse comparado ao Saeb (avaliação federal da Educação). Neste ano o Saresp poderá ser comparado a ele mesmo, ou seja, ao Saresp 2007. Desta forma será possível verificar se houve evolução dos estudantes e das escolas.

Saiba mais

Séries avaliadas

2ª, 4ª, 6ª e 8ª séries do Ensino Fundamental e 3ª série do Ensino Médio

Disciplinas avaliadas

Matemática, língua portuguesa e ciências da natureza

Aplicação

1º dia

2ª série do EF: língua portuguesa

4ª, 6ª, 8ª do EF e 3ª do EM: língua portuguesa e matemática

2º dia

2ª série do EF: matemática

4ª série do EF: redação

6ª e 8ª série do EF: ciências e redação

3ª do EM: ciências (física, química e biologia) e redação

Quem pode participar

Escolas estaduais (obrigatório), municipais e particulares

Como participar

Preencher termo de adesão via site da Sectretaria: www.educacao.sp.gov.br

Responsabilidades

Arcar com custos de geração e aplicação das provas, processamento de resultados e boletins

Manter contato com a Fundação Cesgranrio

Aplicar a avaliação nas séries definidas pela Secretaria, em todos os alunos dos períodos manhã, tarde e noite.