terça-feira, 04/03/2008
Últimas Notícias

Estudantes da rede estadual participam de debate na ONU

Alunos venceram concurso e vão representar o país nos Estados Unidos Uma experiência única na vida de qualquer estudante: representar o Brasil em uma reunião da Organização das Nações Unidas (ONU). Quatro alunos da rede estadual de Educação terão esta experiência em maio. A viagem dos estudantes é a última etapa do projeto Global Classrooms, […]

Alunos venceram concurso e vão representar o país nos Estados Unidos

Uma experiência única na vida de qualquer estudante: representar o Brasil em uma reunião da Organização das Nações Unidas (ONU). Quatro alunos da rede estadual de Educação terão esta experiência em maio. A viagem dos estudantes é a última etapa do projeto Global Classrooms, que ensina e discute com alunos da rede pública brasileira os problemas mundiais: pobreza, conflitos armados, proteção de refugiados e meio ambiente.

Os estudantes debaterão, em Nova York, problemas que afetam 20 cidades no mundo, em uma simulação de reunião da ONU. Laís Moreira e Helga Cristina Gonçalves e Silva estudam na escola estadual José Vieira de Moraes. Diego Soares Luz é aluno da escola Artur Chagas Júnior e Caio Mansini é aluno da escola Júlia Macedo Pantoja.

Antes de viajar, todos os alunos participarão de encontros periódicos para aprimorar o idioma inglês e terão aulas sobre política internacional.

“Os alunos que viajarão podem servir de exemplo para os estudantes de todo o Brasil. Têm uma missão importante: representar uma nação, a brasileira, na ONU. Será algo inesquecível”, afirma a secretária de Estado da Educação, Maria Helena Guimarães de Castro.

Durante oito meses 450 alunos da rede estadual de ensino pesquisaram e aprenderam em sala de aula sobre os temas indicados pela ONU e apresentaram estes trabalhos para os membros da Organização. Os quatro alunos que viajarão são os que mais se destacaram, após redigirem redações em inglês e passarem por entrevistas em português e inglês_ além da fluência no idioma, foram observados aspectos como postura e desenvoltura no trato com as pessoas.

“Foi uma disputa extremamente difícil. É um projeto importante, um estímulo para os estudantes paulistas e brasileiros. São alunos que se dedicam aos estudos e merecem receber incentivos”, diz Maria Helena.