sexta-feira, 27/09/2019
Governo do Estado de São Paulo
Boas Práticas

Estudantes da rede participam da 2ª fase da Olimpíada de Matemática neste sábado (28)

Candidatos devem imprimir cartão de confirmação e verificar locais de prova no site oficial da competição

Neste sábado, 28 de setembro, exatos 122.377 estudantes de 4.335 escolas estaduais e escolas técnicas (Etecs) de São Paulo disputarão a segunda fase da 15ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), uma das mais importantes competições da categoria no Brasil.

Ao todo são quase 950 mil estudantes dos Anos Finais do Fundamental e Ensino Médio classificados para esta etapa. A competição é organizada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), e reuniu mais de 2,6 milhões de alunos das escolas estaduais e Etecs de São Paulo na primeira fase, na qual os vencedores ganharam medalhas e prêmios.

Um delesRafael Funier de Vasconcelos, do 9º ano da Escola Estadual Dona Pilar Garcia Vidal. Foi a segunda medalha do jovem, que fará a segunda etapa neste ano. O Rafael nos enche de orgulho com as premiações e é sempre homenageado aqui. Ele é um estudante muito dedicado, participativo e interessado, além de amar matemática”, explica Solange Lopes, vice-diretora da unidade. “

A 14ª edição da Obmep contou com 18,2 milhões de inscritos em todo o Brasil, com 575 medalhistas de ouro. “A Olimpíada apresenta a matemática para as crianças e para os jovens de um modo muito lúdico, muito atraente, muito instigante. Ela faz com que a matemática e resolver problemas, que é a base da apresentação das Olimpíada, se torne um desafio”, explica Marcelo Viana, diretor geral do Impa.

Outro exemplo vem da Escola Estadual Dona Pilar Garcia Vidal, que teve 14 medalhistas de ouro. Outras regiões também se destacaram, como a Diretoria de Ensino de Guarulhos Sul, que teve três medalhistas de ouro e Taquaritinga, também com três medalhas. “É importante ressaltar que, além da premiação, os vencedores estão convidados para o 15º Programa de Iniciação Científica (PIC), e nossos jovens sempre serão estimulados a entrar no universo da pesquisa”, cita o secretário executivo Haroldo Rocha.

A OBMEP contribui para estimular o estudo da matemática no Brasil, identificar jovens talentosos e promover a inclusão social pela difusão do conhecimento. “Queremos estimular a matemática como parte da vida cotidiana dos jovens, e não apenas como conteúdo da escola. A cada ano crescemos”, explica o coordenador de logística da OBMEC.

Sobre a prova da segunda fase

A prova da segunda fase é discursiva, diferenciada por níveis de acordo com a escolaridade (nível 1 – 6º ao 7º ano; nível 2 – 8º ao 9º ano; e nível 3 – 1ª à 3ª série) e tem seis questões, valendo 20 pontos cada. A divulgação dos vencedores está marcada para 3 de dezembro.

No site www.obmep.org.br os candidatos devem imprimir os cartões de confirmação e verificar os locais de prova. A organização recomenda que os alunos cheguem aos centros de aplicação com 30 minutos de antecedência com documento original de identificação (carteira de identidade, certidão de nascimento ou carteira escolar), lápis e borracha e caneta esferográfica azul ou preta.