terça-feira, 08/05/2018
Foto divulgação
Boas Práticas

Estudantes do Ensino Médio criam WebTV para informar colegas, em Bauru

A iniciativa existe desde 2016 e conta com cerca de 40 mil visualizações no Youtube

Ainda durante o Ensino Médio, muitos estudantes não conseguem se decidir sobre qual profissão seguir. Mas, para alguns alunos de Bauru a opção já está clara há um bom tempo: querem estudar Comunicação Social. Tanto que já são os responsáveis por uma WebTV que leva informação aos alunos da escola Professor Ayrton Busch, de Bauru.

As atividades são desenvolvidas desde 2016, e hoje a TV Ayrton Busch conta com cerca de 40 mil visualizações no Youtube, um número animador. O projeto nasceu do desejo do aluno e repórter Matheus Santos, que sonha em ser jornalista, e seu amigo cinegrafista, o Ezequiel Prado. “Nós não visamos crescer, mas informar. Esse é nosso objetivo. Mas para nós é muito bom esse resultado”, afirma Matheus. A TV ainda recebe o apoio de outro aluno da unidade escolar, o Ryan Sales do Souza, também cinegrafista.

Matheus relata que no começo foi mais difícil conquistar o público, mas com o tempo, a partir do excelente trabalho de prestação de serviços, os resultados foram aparecendo. Claro que uma receita foi fundamental durante o processo, a de subir vídeos curtos. “Os vídeos da nossa WebTV têm um minuto, um minuto e meio, no máximo. Nós temos que ir direto ao ponto, sem enrolar, pois o internauta quer ver algo rápido e informativo”, conta o editor Matheus.

Ele completa que no canal se aborda assuntos com diversas temáticas, como “assuntos socioeducativos, informativos, dicas de Língua Portuguesa, Matemática, reportagens, alunos destaques. Tudo é pauta”, conta Matheus aos risos.

Na última segunda-feira (8), Matheus e Ryan estiveram em São Paulo, após receberem um convite para palestrarem aos alunos da escola Presidente Roosevelt, que fica no bairro da Liberdade. Os estudantes da unidade da capital paulista conheceram o trabalho desenvolvido pelos bauruenses e os receberam a fim de uma consultoria sobre como começar uma WebTV.

“Falei na escola Roosevelt que um projeto como esse é possível, tendo em vista que é regido apenas com um celular. Então é de fácil acesso. Ensinei como eles podem produzir o conteúdo, editar, montar uma equipe, selecionar as pautas, gravar com coesão e coerência, escrever também, usando um smartphone. E como deu certo na escola Ayrton Busch acredito que vai dar certo aqui na Roosevelt”, afirma Matheus.

“É um projeto bacana, que leva a comunicação para os membros da comunidade, através de vídeos. É uma maneira mais fácil das pessoas visualizarem o que acontece na escola”, completa Ryan Sales.

Na ocasião, os futuros jornalistas passaram na sede da secretaria da Educação, conheceram o prédio histórico Caetano de Campos e entrevistaram o secretário da Educação João Cury.