sexta-feira, 31/07/2020
Ensino Médio

Estudantes que não utilizarem a máscara corretamente no dia do Enem impresso poderão ser eliminados da prova

Fique atento: a exceção de uso será apenas no momento da identificação do candidato; a cautela no manuseio do acessório, apenas pelas laterais, é de extrema importância

Edital do Exame Nacional do Ensino Médio é retificado com novas diretrizes e procedimentos de prevenção à COVID-19. Um dos pontos abordados diz respeito a utilização de máscaras, que cubram o nariz e a boca, desde a entrada até a saída da prova.
Caso a utilização não seja feita da forma como prevê o edital, o candidato poderá ser eliminado.

Os 5,8 milhões de estudantes que farão a o exame de forma presencial nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 só poderão retirar a proteção durante a identificação na entrada da prova, mas ainda assim com cautela no manuseio, retirando o acessório pelas laterais, sem tocá-lo.

Lembre-se: a troca da máscara por uma reserva será permitida durante o exame.
O uso da proteção não é obrigatória para pessoas com autismo, deficiência intelectual, deficiências sensoriais ou outras deficiências que as impeçam o uso adequado.

Para mais informações, acesse: enem.inep.gov.br