quarta-feira, 28/01/2015
Boas Práticas

“Eu decidi transformar o medo em um bem para a sociedade”, revela Nayrob Pereira

Projeto da jovem sobre propriedades do veneno do escorpião ganhou repercussão internacional

Apesar de ter apenas 18 anos, Nayrob Pereira já sabe qual caminho seguirá na vida. A jovem estudante de biologia quer, uma dia, se tornar uma grande cientista. E, em 2014, a estudante deu um grande passo para atingir esse objetivo. A partir de um projeto que estuda as propriedades do veneno do escorpião, Nayrob foi convidada a participar do quadro Jovens Inventores, do programa Caldeirão do Huck, para apresentar sua pesquisa. A participação lhe rendeu uma grande repercussão internacional.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

“Participar do Caldeirão do Huck foi maravilhoso. Dar continuidade a essa pesquisa é meu projeto de vida e fico feliz porque sei que outros jovens poderão se inspirar e ver que tudo é possível, basta acreditar”, afirma a aluna.

O projeto ambicioso de Nayrob começou a ser desenvolvido quando ainda era aluna da E.E. Alberto Torres. Em uma visita ao laboratório do Instituto Butantã, promovida pela unidade escolar, a estudante passou a ter mais interesse pela ciência e começou a desenvolver a pesquisa que a levaria para outro país e também a ser reconhecida nacionalmente.

“Tudo começou a partir do meu medo de escorpião. A partir disso, eu decidi transformar esse medo em um bem para a sociedade. Meu objetivo era descobrir se o que mata pode salvar, e se poderia encontrar no veneno do escorpião amarelo uma substância que futuramente pudesse se transformar em antibiótico”, afirma.

“Eu acredito que esse projeto seja como um plano de vida. É como se fosse uma base para tudo. A partir dele, eu posso sonhar em conhecer outros lugares e levar essa iniciativa ao mundo todo. Então, a cada etapa que completo é um sonho que se realiza”, revela.

Em 2013, a aluna integrou a delegação brasileira na Feira Internacional de Ciências e Engenharia (Intel-ISEF), nos Estados Unidos, ficando em quarto lugar na competição.