quinta-feira, 22/03/2018
Ensino Fundamental

Fábricas de Cultura oferecem oficinas gratuitas para jovens

A programação oferece dança, teatro, música, circo, artes visuais, literatura, além do shows e espetáculos do Núcleo Luz

Apostar na cultura para desenvolver-se como ser humano e atingir uma formação social adequada. Essa é a proposta das Fábricas de Cultura para jovens de 8 a 21 anos.

A programação oferece dança, teatro, música, circo, artes visuais, literatura, além do shows e espetáculos do Núcleo Luz, um grupo de dança constituído por jovens que se apresenta em diversos centros culturais da capital.

Conheça as unidades e a programação das Fábricas. Clique aqui.

“Um dos valores na troca cultural é o engajamento de pessoas no seu processo de formação social, na capacidade de troca, de descobertas, de se perceber enquanto indivíduo e sua relação no coletivo”, afirma Ênio Antunes, orientador artístico-pedagógico e diretor artístico dos grupos do Projeto Musicando.

Só em 2017, as Fábricas de Cultura receberam 1.547.708 pessoas, alcançando um recorde de 11% a mais do que no ano anterior.

Ainda em 2017, houve também a formação cultural de 542.082 alunos, com um investimento de mais de R$ 66 milhões da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.

“As Fábricas oferecem cursos bons, difíceis de achar, e de graça”, relata Guilherme Farias, 16 anos, aluno de uma das unidades do programa.

Entre 2011 e 2014, a cidade ganhou 10 Fábricas de Culturas nas regiões norte, sul e leste de São Paulo: Capão Redondo, Itaim Paulista, Jardim São Luiz, Parque Belém, Sapopemba, Vila Curuçá, Vila Nova Cachoeirinha, Cidade Tiradentes, Brasilândia e Jaçanã.