quarta-feira, 15/08/2018
Governo do Estado de São Paulo
Ensino Fundamental

#FeiraDeCiências: inscrições terminam na próxima sexta-feira (17)

Os estudantes devem encaminhar o documento com o projeto básico, banner e as fichas de identificação à Diretoria de Ensino

Jovens cientistas têm até a próxima sexta-feira (17) para se inscrever na 6ª edição da Feira de Ciências das Escolas Estaduais de São Paulo. A FeCEESP é uma ação pedagógica, desenvolvida pela Educação, com objetivo de estimular e promover a formação de estudantes da rede, no âmbito das Ciências da Natureza e Humanas, inserindo-os no contexto da Pré-Iniciação Científica.

Nesta primeira fase, chamada de seletiva regional, os estudantes devem encaminhar o documento com o projeto básico, banner e as fichas de identificação à diretoria de ensino. Os classificados serão anunciados em novembro.

Na Categoria Ciências da Natureza, podem se inscrever alunos alunos do 6º, 7º e 8º ano do Ensino Fundamental (Júnior) e do 9º ano do Ensino Fundamental, 1ª série e 2ª série do Ensino Médio (Master). Nesta edição, produções na área de Ciências Humanas serão aceitas pela banca julgadora. A seleção é aberta apenas ao 9º ano, 1ª série e 2ª série do Ensino Médio.

O regulamento prevê que os projetos devem ser desenvolvidos por um ou dois estudantes com orientação de um professor. É permitido também que representantes de institutos, faculdades e universidades parceiras apoiem os jovens cientistas. Os oito vencedores serão conhecidos em abril de 2019.

Edições anteriores

Na 5ª edição, realizada no ano passado, o jovem Bruno Henrique Muniz, de 12 anos, junto com o seu amigo Wilisses Elizeu da Silva Souza, ambos da escola João Arruda Brasil, criaram o projeto sustentável “Arduíno e a educação de trânsito para bicicletas” e foram premiados na categoria “Revelação”.

“Fomos premiados com troféu, medalha e também uma calculadora. O projeto foi iniciado na nossa eletiva ‘O Pequeno Cientista’. Escolhemos na revista uma maquete sobre acidentes de trânsito. Aí a gente ficou curioso e decidimos fazer”, disse Bruno Muniz.

Maria Vitória, da escola José Augusto Ribeiro, de Assis, desenvolveu o projeto “Adubação de horta a partir de resíduos orgânicos de Tilápias”. Segundo ela, a competição foi difícil.  “A gente não esperava, tinha muito projeto bons. Foi difícil chegar aqui. Foi muito gratificante”, disse.

Já a aluna Brenda Garcia de Lima, da escola Cel Francisco Schmidt, e o aluno Rodrigo de Almeida Paixão, ambos do Ensino Médio, ganharam na categoria Master com o projeto “Energia Solar Fotovoltaica em Escola Estadual”.

“É muito emocionante, não explicação. A gente não esperava que iria chegar tão longe”, disse a jovem Brena Lima. Já Rodrigo Paixão destaca que “eu que nunca tive uma oportunidade dessa”.