terça-feira, 22/05/2012
Imprensa

Festival reúne conscientização e música em São Vicente

Projeto idealizado pela Escola Estadual Professora Maria Dulce Mendes contará com a apresentação de grupos musicais formados por alunos Os estudantes poderão votar nas melhores apresentações, que abordarão assuntos relacionados ao combate à violência, prevenção de doenças e sustentabilidade Amanhã (23/05), cerca de 1,1 mil alunos da Escola Estadual Professora Maria Dulce Mendes participarão de […]

Projeto idealizado pela Escola Estadual Professora Maria Dulce Mendes contará com a apresentação de grupos musicais formados por alunos

Os estudantes poderão votar nas melhores apresentações, que abordarão assuntos relacionados ao combate à violência, prevenção de doenças e sustentabilidade

Amanhã (23/05), cerca de 1,1 mil alunos da Escola Estadual Professora Maria Dulce Mendes participarão de um festival de música. Idealizado em 2011 por professores das disciplinas de artes e língua portuguesa da unidade, a atividade pedagógica tem como objetivo principal o estímulo da criatividade e a promoção de debates sobre o cotidiano dos jovens.

Grupos de até cinco estudantes desenvolveram, após sorteio de temas e ritmo nacional a ser trabalhado, a composição das letras que serão apresentadas durante a festividade. Os trabalhos devem abordar assuntos que envolvam o combate à violência, a prevenção de doenças ou sustentabilidade.

Um júri composto por professores, supervisor de ensino e alunos avaliarão as apresentações. Serão considerados os quesitos melodia, criatividade, ritmo e letra. Os grupos mais votados serão premiados com livros paradidáticos, certificados e troféus personalizados.

“Os alunos abordam o seu cotidiano por meio da música, com ritmos variados. Isso permite ao estudante conhecer a cultura do País. A canção também se torna um veículo de conscientização e prevenção”, afirma a diretora Vanda Miranda.  “A escola promove a reflexão de temas que contribuam para ampliar e melhorar a convivência entre alunos e combater riscos à saúde e segurança”.