segunda-feira, 11/12/2017
Notícia

Gestão em Foco: 39 Diretorias de Ensino serão incorporadas ao MMR

Em 2019, 52 DEs usarão o Método de Melhorias de Resultados; integração aconteceu no I Seminário de Boas Práticas do Programa

Mais 39 Diretorias de Ensino serão incorporadas ao Programa Gestão em Foco, em 2019. O I Seminário de Boas Práticas do Programa reuniu dirigentes e diretores de escola para disseminar as ações desenvolvidas nas escolas das 13 Diretorias que participaram do Programa em 2018. O evento aconteceu na tarde desta sexta-feira (8), na sede da Educação, com a presença do secretário da Pasta, José Renato Nalini.

Durante o evento, as 13 Diretorias de Ensino já envolvidas do Método foram convidadas a apresentarem uma ação desenvolvida em uma escola escolhida. “Este foi um grande momento do que chamamos de ‘tempestade de ideias’. O Seminário nos fez perceber que há outros projetos em outras escolas que a gente pode aproveitar e que as outras Diretorias podem também incorporar as nossas ideias”, disse a gestora de projetos do MMR da DE Norte 2, Andrea Valete Machado.

“Hoje foi uma grata surpresa ver o cardápio variado de boas ações durante a apresentação. Muitos estavam anotando, registrando. Então, nós percebemos o quanto esse momento de compartilhamento é fundamental e essencial para oxigenação do Programa e das ações nas diretorias e nas escolas”, completou a gestora do Programa, Frabrícia Gomes Nieri.

Para as novas diretorias que serão incluídas no programa, as expectativas são as melhores. “O método traz para a gente uma proposta de organizar melhor o trabalho. Muitas vezes as escolas realizam excelentes trabalhos, mas não conseguem acompanhar, monitorar, avaliar e apurar esses resultados. Então, uso do método vai organizar melhor isso”, disse a dirigente regional de ensino de Osasco, Irene Machado Pantelidakis.

Sobre o Programa

Em 2017, a Secretaria da Educação implantou o programa Gestão em Foco em 1.082 escolas estaduais, de 13 diretorias de ensino da cidade de São Paulo. O programa utiliza o Método de Melhoria de Resultados para que as escolas conquistem avanços educacionais, pedagógicos e de gestão.

Em conjunto com a associação Parceiros da Educação, que conta com empresas, empresários e organizações da sociedade civil para auxiliar a Secretaria em projetos educacionais, uma experiência-piloto foi realizada em 2016, em 77 escolas da região leste de São Paulo. Durante o período, a média dos alunos do Ensino Médio no Idesp (Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo) registrou crescimento de 15% se comparado à edição de 2015. A expectativa é que, em 2019, todas as 91 Diretorias de Ensino estajam envolvidas no Programa.