quarta-feira, 04/01/2012
Últimas Notícias

Governador nomeia mais de 14 mil professores para escolas estaduais

Na cerimônia realizada nesta quarta-feira (4/1) no Palácio dos Bandeirantes também foram nomeados 993 agentes de organização escolar, 1.149 oficiais administrativos e 245 executivos públicos Na manhã de hoje, 4 de janeiro, o governador Geraldo Alckmin nomeou 14.473 professores que concluíram o curso de ingressantes na Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Professores “Paulo Renato […]

Na cerimônia realizada nesta quarta-feira (4/1) no Palácio dos Bandeirantes também foram nomeados 993 agentes de organização escolar, 1.149 oficiais administrativos e 245 executivos públicos

Na manhã de hoje, 4 de janeiro, o governador Geraldo Alckmin nomeou 14.473 professores que concluíram o curso de ingressantes na Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Professores “Paulo Renato Costa Souza” (EFAP) e deverão começar a lecionar nas escolas estaduais neste ano.

A relação dos docentes ingressantes será publicada na edição do “Diário Oficial” do Estado da próxima segunda-feira, 9 de janeiro. Os nomeados terão 30 dias para tomar posse dos cargos e depois poderão participar da atribuição de aulas prevista para a segunda quinzena deste mês.

Na ocasião, também foram nomeados 993 agentes de organização escolar, 1.149 oficiais administrativos e 245 executivos públicos. Além disso, o governador sancionou três importantes leis aprovadas pela Assembleia Legislativa, referentes ao novo modelo de Ensino Médio de tempo integral, à “quarentena” para contratação temporária de docentes e à reestruturação administrativa da Secretaria da Educação.

“O Estado de São Paulo deu hoje mais um grande passo para a valorização dos recursos humanos da Educação, um dos principais objetivos do programa Educação — Compromisso de São Paulo”, afirmou o secretário de Estado da Educação, professor Herman Voorwald. “Além da expressiva ampliação do quadro efetivo de professores, que ajudará a reduzir a rotatividade de docentes temporários em salas de aula, nossas escolas passarão a contar com mais servidores não só para as atividades de apoio em geral, mas também para desonerar os diretores de atividades burocráticas, permitindo maior dedicação ao aprendizado dos alunos”, enfatizou o professor.

Leia também:

– Leis que tratam de novo modelo de Ensino Médio e reestruturação da Secretaria são sancionadas pelo governador

– Agentes de organização, executivos públicos e oficiais administrativos são nomeados