quarta-feira, 09/03/2022
Destaque

Governo de SP flexibiliza o uso de máscara em ambientes escolares abertos

Utilização nos espaços fechados das unidades continua obrigatória

O Governador de São Paulo João Doria assinou nesta quarta-feira (9) o decreto de flexibilização do uso de máscaras no estado. Nas escolas a utilização passa a não ser obrigatória em espaços escolares abertos. Nos ambientes fechados a máscara continua a ser obrigatória.

“Como tudo que foi feito aqui em São Paulo em relação à pandemia, a flexibilização do uso das máscaras nas escolas é embasada na ciência. Não é o que um ou outro acha que é o correto, é o que a ciência comprova, são pesquisas e experiências em outros lugares. E nossas escolas estaduais estão prontas para esta nova etapa”, explica o Secretário Estadual da Educação Rossieli Soares.

São Paulo esteve à frente na retomada das aulas presenciais e na vacinação de profissionais da educação, adolescentes e crianças, o que possibilitou a flexibilização do uso da máscara de forma segura. Dos funcionários da rede estadual cerca de 98% receberam duas doses ou dose única, e 75% receberam reforço.

No estado, a 1ª dose da vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos atingiu 108%, mais que o esperado, sendo que 92% já receberam a 2ª dose. Entre as crianças de 5 a 11 anos 70% já tomaram a 1ª dose, a 2º atingiu os 20%.

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo já publicou a resolução que determina que, ao final do segundo bimestre, os responsáveis pelos estudantes devem apresentar a carteira de vacinação atualizada. Vale ressaltar que a exigência do uso de máscara é proibida para menores de 2 anos.