segunda-feira, 26/01/2015
Sociedade

“Mãe é uma doação completa”, diz Terezinha de Souza, mãe de dois alunos da rede estadual

Com deficiência visual, ela compartilha sua história de vida e o amor pelos filhos

Acordar cedo e preparar o café da manhã para a família. Em seguida, acompanhar os filhos até a escola e ir para o trabalho. Essa é a rotina, apertada, de Terezinha Pereira de Souza, mãe de Victor Kiyoshi Souza Katayama, 11 anos, e Daniel Kenji Souza Katayama, 7 anos, estudantes do Ensino Fundamental na E.E. Júlio de Mesquita Filho, na zona sul da capital paulista.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Em meio à correria do dia a dia, Terezinha, que tem deficiência visual, não deixa de participar da vida dos filhos. Exigente, tem um padrão de notas mínimo para o boletim escolar, não falta a nenhuma reunião de pais e procura estar por dentro dos acontecimentos. “Somos bem próximos. Antes de dormir, conversamos muito e eles contam as coisas do dia. O que faz a ligação entre a mãe e o filho é o tempo que se passa junto. Não quer dizer que é preciso ficar manhã, tarde e noite juntos. É a qualidade deste tempo que vale”, diz.

Além de acompanhar de perto a vida escolar dos filhos, Terezinha não abre mão de ensinar aos estudantes questões que envolvem construção de valores. “Eu nunca peço para que eles façam aquilo que eu nunca faria. Por exemplo, tento ensinar a eles que, se ver uma pessoa na rua que precisa de ajuda, ofereça a ajuda”, conta.

“A escola é para instruir. Respeito, valores e senso de educação a criança tem que trazer de casa”, afirma Terezinha.

Os valores são ensinados diariamente. Terezinha ensina por meio do exemplo e em meio aos papéis desempenhados ao longo da jornada de mãe, como professora, psicóloga e amiga. “Mãe é doação. Mãe é doação completa. Você doa tempo, doa carinho, doa preocupação. Um filho nunca vai deixar de ser filho. Da hora que nasce, enquanto estiver vivo, ele vai ser filho”.

Mães participativas

Um milhão de alunos da rede estadual responderam um questionário sobre a participação das mães na vida escolar. A pesquisa feita pela Secretaria da Educação aponta que 3 em cada 5 mães são presentes. Cerca de 45% das mães tem entre 35 e 44 anos, e 29,8% tem idade de 25 a 44 anos. Saiba mais sobre a pesquisa.