segunda-feira, 14/05/2018
Governo do Estado de São Paulo
Ensino Médio

Hoje (14) é o último dia de inscrições para o Bolsa Universidade

Podem participar candidatos matriculados em instituição de ensino superior conveniada

Termina nesta segunda-feira (14), o prazo de inscrição para o Bolsa Universidade, do Programa Escola da Família. Além do formulário, disponível nesse link, o estudante precisa apresentar nas Diretorias de Ensino os documentos exigidos no regulamento do programa. O candidato não deve ser beneficiário de outra bolsa de estudo ou financiamento estudantil.

– As informações do regulamento podem ser encontradas nesse link

– Clique no link e preencha a Declaração de Probidade, obrigatória a todos os candidatos a “Educador Universitário”

Os projetos apresentados pelos interessados devem seguir um dos quatro eixos do programa: saúde, trabalho, cultura e esporte. Mas, a gama de possibilidades é imensa, como contação de histórias, robótica, cultivo de hortas, dança, ginástica, esporte, artesanato e muito mais. Os que participam, além do benefício próprio, possibilitam o encurtamento da distância entre unidades escolares e comunidade.

Para participar do programa, é preciso ter o Ensino Médio completo, ser maior de idade e estar matriculado em uma instituição de Ensino Superior que tenha convênio com o Secretaria da Educação do Estado de São Paulo e a FDE (Fundação Para o Desenvolvimento da Educação).

Os aprovados após a avaliação do perfil têm direito à bolsa. Pela regra, a Secretaria custeia até R$ 500 e o restante é pago pela universidade. Em contrapartida os estudantes atuam aos fins de semana – sábado ou domingo – por 8 horas em atividades nas Escolas da Família.

Os classificados serão encaminhados a uma das 2.238 unidades do PEF de acordo com a pontuação, a quantidade de vagas disponíveis por curso de graduação e por região. O início das atividades dos aprovados será no dia 2 de junho. A lista de espera tem validade de 12 meses.

O Programa Escola da Família tem 14 anos de ações que integram escola e comunidade. Entre março e outubro de 2017, mais de 10 mil bolsistas desenvolveram trabalhos dentro da iniciativa, e as atividades são as mais variadas.