quinta-feira, 29/09/2016
Boas Práticas

#HoraVerdeSP: alunos transformam ambiente escolar com cultivo de horta

Alimentos cultivados compõem o cardápio da alimentação diária dos estudantes

Os alunos do 3º ano do Ensino Médio da E.E. Augusto Meirelles, no Imirim, deram uma cara nova para o bosque da escola. Com a revitalização do espaço, o ambiente, que antes estava vazio, deu lugar a uma horta onde são cultivados couve, manjericão, pimenta, hortelã, rúcula, morango, erva doce, alecrim e alface.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

De acordo com diretora da escola, Rita de Cássia Mateus Fernandes, o objetivo do Projeto Horta, que teve início na unidade escolar em abril deste ano, é mostrar aos alunos a sua responsabilidade como agentes transformadores do ambiente. “Nós queremos que os estudantes desenvolvam o sentimento de compromisso com a escola e com os colegas e também a percepção de que é possível aproveitar pequenos espaços, com procedimentos simples”, disse.

Rita conta que o terreno foi preparado com o auxílio de um estagiário e uma paisagista, voluntários no projeto. O plantio é realizado pelos alunos e a manutenção ocorre seguindo um cronograma elaborado pelos próprios estudantes, que regam e vistoriam a horta diariamente. A colheita é realizada respeitando o tempo de cada alimento plantado. “Ervas aromáticas e flores estão plantas na borda da horta para afastar pragas e manter a horta de maneira saudável sem o uso de produtos químicos”, explicou.

Os alimentos cultivados estão livres de agrotóxicos e são utilizados para compor o cardápio da merenda escolar, contribuindo para uma alimentação mais saudável. “Na atualidade os recursos naturais estão cada vez mais escassos, por isso é importante que os alunos compreendam isso e que percebam que é possível mudar com pequenas ações. No caso das hortas orgânicas, o interesse está em mostrar que é possível cultivar sem destruir”, completou a coordenadora do projeto na escola, Flavia Munhoz Sanches.

Flavia destaca que a participação efetiva dos estudantes valoriza a responsabilidade dos alunos e os aproximam de uma escola cada vez mais sustentável.