segunda-feira, 16/04/2012
Imprensa

Inscrições para estágio no Acessa Escola foram prorrogadas até 30 de abril

As vagas são para estudantes da 1ª ou 2ª série do Ensino Médio da rede estadual interessados em atuar nas salas de informática do programa As inscrições podem ser feitas no site da Fundap Foi prorrogado até as 18h do dia 30 de abril o prazo de inscrições aos interessados em participar do processo seletivo […]

As vagas são para estudantes da 1ª ou 2ª série do Ensino Médio da rede estadual interessados em atuar nas salas de informática do programa

As inscrições podem ser feitas no site da Fundap

Foi prorrogado até as 18h do dia 30 de abril o prazo de inscrições aos interessados em participar do processo seletivo de credenciamento para estágio nas salas de informática do programa Acessa Escola da Secretaria de Estado da Educação. As vagas são para alunos da 1ª ou 2ª série do Ensino Médio da rede estadual, que podem se inscrever no site da Fundap.

Participam deste processo seletivo 3.449 escolas de Ensino Médio, distribuídas em 91 diretorias de ensino da Capital, Grande São Paulo, Litoral e Interior (lista abaixo). A relação das escolas está disponível no site. Podem se inscrever apenas alunos das unidades relacionadas.

Para participar do processo, o candidato deve possuir CPF próprio e ter dezesseis anos completos no momento da assinatura do termo de compromisso. A taxa de inscrição custa R$ 12 e só pode ser paga por meio de boleto bancário, disponível para impressão no site, junto ao protocolo de inscrição (a mesma só será confirmada após a quitação do boleto). Candidatos que comprovem insuficiência de recurso para o pagamento serão isentos da taxa.

O processo seletivo vai suprir a demanda de estágio existente ou formar um banco de reserva nas escolas participantes do programa. Por isso, não há número definido de vagas. Os candidatos farão uma prova, de caráter classificatório, que avaliará seus conhecimentos em língua portuguesa, matemática, informática e conhecimentos gerais. A avaliação está prevista para o dia 6 de maio.

Sobre o estágio

O Acessa Escola prevê um contrato de estágio de no mínimo seis e máximo 12 meses, que poderá ser prorrogado apenas uma vez pelo mesmo período. Todos os estagiários serão supervisionados por assistentes técnico-pedagógicos das diretorias de ensino. Eles serão responsáveis pelo atendimento aos usuários (alunos, professores e funcionários) nas salas de informática do programa, que permanecem abertas o dia todo nas escolas. A carga horária de trabalho é de quatro horas diárias, pela manhã (8h às 12h), tarde (12h às 16h) ou noite (16h às 20h). Além de capacitação na área de informática, também é oferecido aos monitores bolsa-auxílio no valor de R$ 340 mensais e auxílio-transporte.

Sobre o Programa Acessa Escola

Criado em 2008 pela Secretaria de Estado da Educação, o Programa Acessa Escola é um dos maiores projetos de inclusão digital do Estado, que transforma as salas de informática das escolas da rede pública estadual em espaços de acesso livre à internet. A implantação obedece a um cronograma gradativo, levando em consideração critérios como: regiões com maior índice de vulnerabilidade social, condições físicas da sala de informática, tipo de link disponível, entre outros.

Inicialmente foi implantado em unidades da capital, depois na Grande São Paulo e Interior. Em 2012, o Programa chegou a mais de 3,4 mil escolas de todo o Estado, com um custo médio de implantação de R$ 36 mil reais por escola. Desde seu início, o projeto já beneficiou mais de 1,3 milhões de usuários entre alunos, professores e funcionários, contabilizando mais de 34,8 milhões de acessos a internet.