quarta-feira, 29/04/2020
Últimas Notícias

Leandro Karnal conversa sobre os desafios da educação durante pandemia com professores da rede estadual

O historiador participou de transmissão online com o Secretário de Educação

Dando continuidade a série de bate-papos nos intervalos das aulas online transmitidas pelo Centro de Mídias SP, o secretário de educação Rossieli Soares conversou com o historiador, professor e escritor Leandro Karnal.

Professor Doutor na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) desde 1996, Karnal se solidarizou com os colegas da rede estadual, afirmando que ele mesmo não foi preparado para as novas tecnologias. “Quando muito meus professores ensinaram as vanguardas tecnológicas de então, que eram retroprojetor, projetor de slides e assim por diante. Eu fui um professor que usou  mimeógrafo durante uma década”, contou.

Ele ainda dividiu alguns truques para gravar vídeos e participar de videoconferências que aprendeu durante a pandemia: Colocar o computador ou câmera de frente para a janelas, usar luzes laterais de apoio e usar roupas de cores escuras.

O historiador lembrou que grandes educadores, como Montessori e Piaget, viveram em épocas de guerras e epidemias e isso os fez pensarem em novas formas de educação. Aos professores, Karnal afirmou que é normal sentir medo “Quem não está inseguro agora não sabe o que está acontecendo”. E lembra os professores de suas capacidades “Se você já teve que acalmar uma turma de adolescentes depois de uma aula de educação física em um dia quente, meu colega, você pode tudo”.

Sobre não poder estar na sala de aula durante o isolamento social, ele lembrou de grandes pensadores, como Sócrates que ensinava durante as refeições e Aristóteles que caminhava com seus aluno. E acrescentou que as salas de aula organizadas como conhecemos hoje são um conceito mais moderno. “A sala de aula é um espaço privilegiado, mas não é o único espaço de educação, quebrem os paradigmas”.

Projeto de Vida

Outro assunto da conversa foi a disciplina Projeto de Vida, aprovada pelo professor “Essa pode ser uma alavanca a mais para que nossos alunos também incluam a existência e não apenas o conhecimento.”

Karnal não vê o Projeto de Vida como uma disciplina de teste vocacional, mas como um auxílio ao protagonismo do indivíduo. “Projeto de Vida é saber quais são os valores que eu quero carregar para algum ponto, que claro, eu não sei ainda.” Ele ainda explica que os alunos devem fazer boas formações onde estiverem, para que se ele mudar de área possua conhecimentos que o ajudem a seguir o novo caminho.

A disciplina Projeto de Vida, implantada em toda rede neste ano, tem como objetivo traçar com cada aluno, individualmente, metas para o futuro e descobrir caminhos para atingi-las.