domingo, 22/09/2019
Boas Práticas

No Dia Mundial sem Carro, conheça o professor que adotou o ciclismo para ir à escola

Marcus Casemiro, da Escola Estadual José Barbosa de Almeida, resolveu largar o carro após um dia de muito trânsito

De carro, aproximadamente 45 minutos parado no trânsito. De ônibus, entre uma hora e quinze minutos e uma hora e meia. Assim era a rotina do professor Marcus Casemiro nos últimos anos, desde que começou a lecionar na Escola Estadual José Barbosa de Almeida, em Pirituba. O alto tempo de deslocamento nos 11km de sua casa até o trabalho fazia Marcus optar pelo carro, para ter o controle do trajeto e chegar mais rápido à escola, mas sem sucesso. “Chegava cansado, não tinha disposição. Era uma mistura de estresse com frustração”, relata.

Professor de Educação Física na unidade, o “basta” chegou no fim do ano letivo de 2018. “Um dia eu estava no carro e o trânsito estava desesperador. Fiquei mais de duas horas parado, teve um acidente na Ponte do Piqueri. Até que vi uns ciclistas passando na Marginal Tietê. Lembrei na hora que tinha uma bicicleta e pensei em fazer o percurso para ver se saía daquela situação”. No dia seguinte, para a surpresa de Marcus, o trajeto que antes consumia até uma hora e meia foi feito em apenas meia hora.

O professor não teve dúvida de que sua rotina seria outra. “Passei a só ir de bicicleta e deixei o carro em casa. Minha vida mudou. Sinto mais disposição, mais vontade de fazer as coisas e muito menos estresse, além de entrar em forma. Apesar de lecionar Educação Física, nem sempre temos como nos manter ativos”, o professor conta. A história inspirou outros professores e até estudantes a pegarem a bicicleta e deixar o carro na garagem. “Teve um aluno que até pediu pro pai dele buscá-lo de bicicleta. Acho que ficaram inspirados pela história do professor”, conta a diretoria da unidade.

Marcus já está tão acostumado que resolveu dar dicas para professores e pais que queiram largar o carro e unir uma vida saudável, com exercícios físicos, no caminho para casa. Confira as dicas:

  • O primeiro passo para deixar o carro é se informar. Tem vários canais de YouTube que dão dicas de trânsito para ciclistas, dicas de capacetes e bicicletas.
  • O primeiro dia é sempre o mais difícil. Dá preguiça, cansa…mas a recompensa sempre vem.
  • Muita gente nem lembra que tem uma bicicleta em casa. Seja qual for a situação, o primeiro passo é começar a pedalar. Nem que seja até a padaria.