quarta-feira, 12/06/2019
Educação Especial

São Paulo é o primeiro estado a aderir ao Pisa

Exame internacional de avaliação para estudantes será aplicado para cerca de 25 mil alunos da rede

Cerca de 300 escolas estaduais irão participar ainda neste ano do Pisa for Schools (Pisa para Escolas), exame do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa, na sigla em português), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

A prova será aplicada para cerca de 25 mil alunos da 1ª série do Ensino Médio. O intuito é avaliar níveis de proficiência em matemática, ciências, português e leitura entre os estudantes de 15 anos. O exame será aplicado em computadores e é composto por 141 perguntas de Leitura, Matemática e Ciências. Os alunos terão duas horas para responder as perguntas e mais 30 minutos para preencher um questionário contextual.

A adesão ao programa vai de encontro a um momento de importantes mudanças na forma de aprender dos estudantes de São Paulo. Neste ano, a Educação vem promovendo políticas que visam dinamizar a formação dos estudantes e tornar a escola mais conectada com a realidade de cada um. O Pisa é uma dessas ações, já que avalia componentes fundamentais para o vestibular e que estão na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e habilidades socioemocionais, como resolução de problemas, pensamento crítico e gerenciamento de tempo.

Outro objetivo é fornecer subsídios para as tomadas de decisão da Secretaria da Educação, com o intuito de aprimorar a educação oferecida pelo estado.

O Pisa foi idealizado pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) e aplicado pela primeira vez em 2000 para avaliar o sistema educacional de mais de 80 países, incluindo o Brasil. Enquanto o objetivo do Pisa é fornecer resultados em nível nacional e possibilitar um panorama do sistema de ensino de cada país, o Pisa para Escolas quer produzir resultados individuais das escolas, para embasar políticas públicas locais.

Datas e mais informações sobre a aplicação das provas serão divulgadas em breve.