quinta-feira, 23/05/2019
Agenda do secretário

Secretaria promove Quintas do Conhecimento, encontro de debates sobre a educação no século XXI

Evento contou com a presença do secretário Rossieli Soares e do secretário executivo Haroldo Rocha

Aconteceu nesta quinta-feira (23) a 2º edição do Quintas do Conhecimento, encontro mensal de autoridades da Secretaria da Educação para debater temas relevantes dentro da aprendizagem, formação e caminhos da escola nos próximos anos.

O tema do encontro foi o papel das competências socioemocionais e a tecnologia na educação do século XXI. “Recentemente lançamos o Inova Educação, que tem como pilar o desenvolvimento de competências do século XXI e a formação integral do nosso estudante. O intuito desse encontro é também aprender um pouco para nós. É fundamental entender essas competências para nossa própria transformação”, pondera o secretário da educação Rossieli Soares.

A primeira parte do evento se debruçou em explicar e exemplificar as competências emocionais, uma das bases do Inova Educação e também da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Viviane Senna, presidente do Instituto Ayrton Senna, foi uma das convidadas e apresentou o painel “A escola e as Competências do Século XXI”.

O painel teve como ponto de partida as transformações da sociedade nos últimos 100 anos e a velocidade crescente dessa transformação nos próximos anos. Para o estudante do século XXI, mais importante do que ter muito conhecimento acumulado é saber lidar, interagir e modificar com esse conhecimento para resolver situações-problema na vida cotidiana.

“A educação precisa caminhar para prover o que nossas crianças precisam para o mundo de hoje. Sempre digo que o Brasil é como um espadachim: tem que lutar em duas frentes ao mesmo tempo. De um lado, com as tarefas clássicas, como a alfabetização, expressão e o pensamento lógico. De outro, habilidades como resiliência, persistência, agilidade, que são algumas das competências socioemocionais que falamos”, pontua Viviane.

O segundo painel foi apresentado por Adelmo Eloy, Diretor de Projetos do Instituto Ayrton Senna. A palestra “Novas Tecnologias e seus impactos na educação” falou sobre como a tecnologia torna processos mais fluídos dentro da educação e como ela pode ser colocada em sala de aula para além de recursos ou máquinas. Temas como aprendizado de máquina, inteligência artificial e cultura maker foram abordados com foco no papel da tecnologia como ferramenta de otimização e melhora na aprendizagem.

Com mediação do secretário executivo Haroldo Rocha, a roda de conversa que fechou o “Quintas de Conhecimento” debateu, junto à plateia, os temas abordados na manhã e como eles podem ser levados para a Educação Básica de forma prática.

“O evento de hoje é fundamental para repensarmos a escola para os próximos anos. O futuro já está acontecendo. E ele tem uma configuração muito diferente daquilo que estamos desenvolvendo ao longo dos últimos 200 anos”, explica Haroldo.

Os participantes também tiveram a oportunidade de expor boas práticas que acontecem no estado. Uma delas vem na forma de um aplicativo usado para avaliações. “O papel do professor é fundamental nessa composição da tecnologia em sala de aula. Em São Carlos, fizemos um projeto de avaliações em um aplicativo, o que diminui o tempo gasto pelo professor para processos manuais e permite a ele focar no aprendizado”, explica Débora Blanco, dirigente regional de São Carlos.

“Quintas do Conhecimento” aconteceu no Teatro Fernando de Azevedo, na sede da SEDUC em São Paulo, e reuniu diversos profissionais da Secretaria da Educação. O evento foi transmitido ao vivo pela Rede do Saber.