segunda-feira, 17/06/2019
Educação Especial

Hoje (17) é o último dia de inscrições no Prêmio Respostas para o Amanhã

6ª edição do Prêmio tem como novidade a abordagem STEM

Professores e estudantes que desenvolvem projetos de investigação e experimentação científica têm até o dia de hoje (17) para se inscrever no Prêmio Respostas para o Amanhã, uma iniciativa da Samsung, com coordenadoria geral do CENPEC – Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária.

Inscreva-se no site

Essa é a 6ª edição do Prêmio, que tem como novidade a abordagem STEM (sigla em inglês que significa Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática), método que é tendência em vários países para engajar os alunos nessas áreas do conhecimento, por meio de atividades práticas que conduzam a uma aprendizagem significativa e criativa.

“O STEM é um jeito criativo de estimular alunos a desenvolverem competências socioemocionais e cognitivas com projetos práticos na sala de aula”, pondera Barbara Noel, educadora norte-americana especializada na metodologia que esteve recentemente na Secretaria da Educação para ministrar uma formação STEM a coordenadores e PCNPs do Estado.

+ Educação e Embaixada dos Estados Unidos fortalecem parceria com formação bilíngue para professores

Para participar do prêmio, professores ou estudantes deverão desenvolver um projeto enfatizando o ensino desses campos do conhecimento para diagnosticar problemas reais, e apresentar respostas que possam melhorar a qualidade de vida das pessoas. “É importante frisar que desafios como esse são fundamentais para criar um ecossistema de aprendizagem completo para nossos jovens. Quanto mais projetos de impacto, melhor”, pontua a pedagoga Jucimeire Bispo.

As equipes devem ser compostas por 5 a 15 estudantes, sob orientação de professores que lecionem disciplinas das áreas de Ciências da Natureza e de Matemática e suas Tecnologias. Docentes das áreas de Ciências Humanas e suas Tecnologias e Linguagens, Códigos e suas Tecnologias também poderão participar, mas como professores parceiros do projeto.

Tablets, notebooks e smartphones são alguns dos prêmios que serão entregues. Na primeira fase, 20 projetos serão selecionados para seguir na fase seguinte. Entre eles, 10 passarão à final e serão avaliados por uma comissão julgadora que escolherá três vencedores nacionais. A equipe que ficar em primeiro lugar será convidada a apresentar seu projeto na etapa regional, com os demais vencedores de países da América Latina.