segunda-feira, 26/03/2018
Notícia

Biblioteca de São Paulo é finalista em premiação de Londres

O resultado será anunciado durante uma das mais importantes feiras de livros do mundo

A Biblioteca de São Paulo é finalista do The London Book Fair International Excellence Awards 2018, na categoria Melhor Biblioteca do Ano. Estão concorrendo na mesma categoria, bibliotecas de Oslo (Noruega), Aarhus (Dinamarca) e Riga (Letônia).

O prêmio promove as melhores iniciativas internacionais na área do livro em 17 categorias: audiolivro, livraria, inovação editorial, iniciativa educacional, festival literário, publicação acadêmica, publicação infantil, tradução literária, inovação digital, entre outras. Existe um júri composto por especialistas para cada uma das áreas.

O Secretário da Cultura do Estado de São Paulo José Luiz Penna comemora a indicação. “Além do trabalho de excelência que realiza, a Biblioteca de São Paulo acolhe o cidadão, seja ele um leitor assíduo, seja alguém que nunca pisou nesse tipo de ambiente e pode ter despertada a prática da leitura. A biblioteca é importantíssima para ambos. Essa indicação é um grande estímulo para todos nós e mostra que estamos trilhando o caminho certo”, disse.

O resultado da premiação será anunciado no dia 10 de abril, em Londres, durante a Feira do Livro de Londres, uma das mais importantes do mundo, ao lado da de Frankfurt e Guadalajara.

O material de candidatura da Biblioteca de São Paulo destacou os diferenciais do projeto e das atividades diárias, que transformaram a área onde anteriormente existia a Casa de Detenção do Carandiru em uma praça cultural, local de acolhimento e descobertas. Criada a partir do conceito de biblioteca viva, a biblioteca visa a valorização das pessoas e de seus saberes, além da troca de experiências.

“Nossa missão, como biblioteca contemporânea, é de servir como uma praça cultural destinada ao encontro das pessoas e comunidades, à discussão e à criação de conteúdos. Essa indicação é o reconhecimento internacional do trabalho feito ao longo desses anos para oferecer à população uma biblioteca cidadã”, enfatiza o Diretor Executivo da Organização Social SP Leituras, Pierre André Ruprecht.

A Biblioteca de São Paulo é aberta de terça a domingo e feriados, das 9h30 às 18h30 e está localizada no Parque da Juventude (Av. Cruzeiro do Sul, 2.630, Santana), ao lado da Estação Carandiru do Metrô, na capital paulista.