segunda-feira, 26/05/2014
Alimentação Escolar

Crianças descobrem a quantidade de açúcar e sal nos alimentos em oficina na escola

O objetivo é ensinar as crianças sobre a importância de ter uma alimentação saudável

Biscoito recheado, refrigerante e salgadinho. Os alimentos comuns nas lancheiras foram estudados pelos alunos dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental da E.E. Santa Rosa de Lima, no Capão Redondo, Zona Sul da capital paulista. As crianças participaram de uma oficina para descobrir a quantidade de açúcar e sal nos alimentos.

As classes foram convidadas para o pátio. A professora mostrava o alimento, indicava a quantidade e os alunos enchiam um saquinho com sal ou açúcar. De forma lúdica, eles aprenderam sobre os riscos de ingerir apenas alimentos industrializados.

Já na E.E. Teotônio Alves Pereira, no Ipiranga, zona sul de São Paulo, e na E.E. Professora Iracema Brasil de Siqueira, em Mogi das Cruzes, as merendeiras deram vez ao alunos que prepararam a refeição. No cardápio, apenas alimentos naturais.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

As atividades integraram a Semana de Educação Alimentar, realizada em 3.063 escolas da rede estadual entre os dias 19 e 23 de maio.  Na programação estiveram oficinas culinárias, mapeamento nutricional e outras atividades. 

Para auxiliar as unidades de ensino, nutricionistas da Educação prepararam atividades de acordo com a faixa etária dos alunos. A equipe levou em conta os conhecimentos de crianças e jovens sobre o assunto e como as dicas podem ser colocadas em prática com mais facilidade.

Alimentação Saudável

No final do mês de abril, a Educação divulgou os primeiros resultados do programa Alimentação Saudável, parceria com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), e que traçou o perfil nutricional de 12 mil estudantes, de 6 a 18 anos de idade, da rede estadual de ensino. De acordo com a amostragem, 71% desses alunos estão no peso ideal. Por outro lado, o índice de sobrepeso, que no Brasil chega a 30% e preocupa especialistas, é de 19% em São Paulo. Saiba mais.