quinta-feira, 26/01/2017
Boas Práticas

Crianças têm aulas de basquete com Alessandra, ex-pivô da seleção brasileira

Atividade acontece na E.E. Alfredo Bresser; ação faz parte do Projeto GIBI

As quintas-feiras são especiais para as crianças do Ensino Fundamental da E.E. Alfredo Bresser. Ao som do apito da professora Alessandra, os estudantes entram na quadra para a aula de basquete do Projeto GIBI, iniciativa que populariza a modalidade nas escolas estaduais com a participação de um ex-jogador da seleção brasileira, responsável por ensinar o esporte aos alunos.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Durante a aula, os estudantes gastam sua energia com movimentos básicos, troca de passes e treinos com a bola. “É um tipo de basquete educativo, ou seja, eles aprendem não só as regras do esporte, como outras formas de ver as disciplinas de Matemática, Língua Portuguesa, entere outras”, destaca Alessandra Santos de Oliveira, ex-pivô e campeã mundial em 1994 pela seleção brasileira de basquete. 

“A aula da professora é bem legal, ela ensina a bater bola, como jogar na rede. Eu gosto muito”, afirma a pequena Laura Ferreira, aluna da unidade de ensino.

As atividades do Projeto GIBI são desenvolvidas nas aulas de ‘Cultura do Movimento’, umas das propostas do currículo de Educação Física. Além da Alfredo Bresser, estão na lista de unidades selecionadas as escolas Guerino Raso, Brigadeiro Eduardo Gomes, Flávia Vizibeli Pirro e Anitta Attala. “Essa atividade integra ainda mais as crianças, pois elas aprendem a como se comportar com os colegas. Também ajuda na socialização e na parte psicomotora delas”, afirma Andréa Sbrana, diretora da escola.

“A sociedade brasileira, antes de fazer grandes atletas, precisa fazer grandes cidadãos. Eu perdi meus pais cedo, vim de escola estadual e posso dizer que o esporte me ajudou muito a superar todas as dificuldades”, conclui Alessandra.

Educação Física na rede estadual

Na rede estadual, além dos tradicionais jogos coletivos (futebol, handball e vôlei), as escolas oferecem uma série de outras atividades. Entre elas, estão as aulas de baseball, frisbee, badminton, tchoukball e o próprio rugby. Na lista de orientações elaboradas pela Coordenadoria de Gestão da Educação Básica (CGEB), há ainda dicas de jogos de tabuleiros e raciocínio, noções e táticas de esportes (coletivos e individuais) e até o estudo de manifestações culturais, como o folclore e o hip hop.

A Educação ainda incentiva a prática de atividades físicas por meio de atividades como Agita Galera, Dia do Desafio e Jogos Escolares do Estado de São Paulo. Saiba mais aqui.