sexta-feira, 31/01/2014
Escola da Família

Escola da Família volta neste fim de semana em 2,3 mil unidades da rede estadual

Programa da Secretaria da Educação abre escolas para atividades culturais e de lazer gratuitas

As 2,3 mil unidades do Programa Escola da Família voltam das férias neste fim de semana com uma novidade para o primeiro semestre de todas as comunidades escolares. As escolas, que abrem suas portões todos os sábados e domingos para atividades de cultura, lazer e esporte gratuitas, organizaram para este primeiro semestre um grande campeonato de futsal que vai envolver os alunos, pais e vizinhos que frequentam as escolas estaduais.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

O evento já tem nome: Torneio da Família. A ação faz parte dos projetos desenvolvidos pela Secretaria da Educação do Estado para levar o tema Copa do Mundo para as escolas. Por isso, neste fim de semana os jogadores bons de bola já podem se organizar. As inscrições para o Torneio poderão ser feitas a partir de segunda-feira, 3 de fevereiro, até o dia 14 do mesmo mês.

A data do início do campeonato é 15 de fevereiro e serão três fases. Na etapa regional serão classificados os times das 91 diretorias de ensino do Estado. Entre 21 e 23 de março serão conhecidas as 15 melhores equipes das categorias feminina e masculina. Entre as finalistas, serão definidos 36 homens e 36 mulheres que se destacarem na segunda fase para integrarem a seleção do Escola da Família. A grande final será realizada em parceria com a Federação Paulista de Futebol e o Comitê Paulista da Copa do Mundo 2014.

“Nossas escolas foram orientadas a fazer da Copa do Mundo uma oportunidade de aprendizado e de interação. Quando as comunidades participam do ambiente escolar todos saem ganhando, escola, alunos, professores e funcionários”, afirma o secretário da Educação, professor Herman Voorwald. 

Segundo o regulamento, podem participar membros da comunidade que tenham mais de 18 anos. As inscrições são na própria unidade com o coordenador do programa na escola. Os jogadores não podem ter inscrição em federações de futebol. Os alunos podem organizar torcidas.