quinta-feira, 23/07/2020
Pais e Alunos

Projeto leva arte aos espaços físicos da escola Brasílio Machado, na capital

Preparando o retorno das aulas presenciais, painéis coloridos dão vida nova à escola, por meio do Nalata Festival Internacional de Arte Urbana

A retomada das aulas presenciais na rede estadual está prevista para o dia 8 de setembro e as escolas já estão se preparando para o reencontro com os alunos. Na Escola Estadual Brasílio Machado, localizada na Vila Madalena, uma parceria com a Nalata Festival Internacional de Arte Urbana permitiu que os espaços da escola se transformassem em verdadeiras telas de concreto.

Intitulado ‘Voltando para a Escola’, o projeto chegou à unidade de ensino por meio do próprio Nalata, que procurou a gestão escolar e lançou a proposta. Os grafites deram mais cor em todas as dez salas de aulas, além das salas de arte, vídeo, leitura e de práticas experimentais.

Segundo a diretora da escola, Simone Romano, o resultado surpreendeu a equipe da escola, que aprovou todas as artes. “A escola está linda e agora estamos ainda mais ansiosos para o retorno dos alunos. Eles ficarão muito felizes”, comemorou.

Após a intervenção dos artistas, realizada no último fim de semana, nos dias 11 e 12 de julho, a próxima etapa do projeto será o retorno da equipe à escola a fim de registrar a reação dos alunos no retorno das atividades presenciais. Os alunos também participarão de bate-papo com os artistas.

Sobre o projeto

A proposta do Nalata Arte Urbana é recriar os espaços urbanos de São Paulo por meio da arte do grafite. Neste ano, por conta da pandemia do coronavírus, o festival é realizado de maneira virtual, mas as intervenções físicas continuam, seguindo os protocolos de segurança sanitária. Vários artistas nacionais e internacionais estarão na cidade, de julho a agosto. Para saber mais: https://nalatafestival.com.br/