quarta-feira, 21/09/2016
Ensino Integral

Oficina literária com cordelista movimenta escola da rede

Varneci Nascimento participou de eletiva da EE Oswaldo Aranha;

Nesta quarta-feira (21), a oficina literária da EE Oswaldo Aranha será dedicada ao cordel. Para explicar e mostrar exemplos do gênero muito popular no Nordeste, a unidade convidou o cordelista Varneci Nascimento. Autor de quase 50 folhetos e sete livros sobre o tema, o historiador baiano apresentará aos alunos o humor e o gracejo desse tipo de escrita. Mais de 40 alunos do Ensino Médio estão matriculados na classe.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

A atividade integra a eletiva chamada “Teia de Aranha”, uma das escolhidas pelos estudantes e prevista no currículo do Programa de Ensino Integral. Iniciada neste semestre, as aulas multidisciplinares trazem à sala de aula poesia, saraus e histórias de movimentos literários. Em pouco tempo, já é uma das preferidas da escola.

A proposta de abrir a oficina para convidados é ampliar o trabalho de pesquisa dos alunos. Além disso, a expectativa para o fim do ano, quando a eletiva será concluída, é transformar todo o aprendizado em um livro. Para isso, todas as poesias e cordéis criados nas oficinas estarão no material.

Eletivas dão autonomia aos estudantes

No modelo de tempo integral implantando em São Paulo, o currículo abrange as disciplinas exigidas pela Lei de Diretrizes de Base (LDB) e complementares, como é o caso das eletivas. Os temas das aulas são livres e construídos em parceria entre alunos e docentes, que atuam em regime de dedicação exclusiva. A exigência é que as sugestões de matérias estejam relacionadas ao conteúdo da base nacional – Matemática, Ciências Humanas, Linguagens e Ciência da Natureza – e tenham caráter interdisciplinar. Para isso, os professores têm a tarefa de elaborar o plano de trabalho e apresentar as opções à escola.