segunda-feira, 26/10/2020
Boas Práticas

Outubro Rosa: Escolas estaduais desenvolveram ações de conscientização durante este mês

Confecção de lenços e desenvolvimento de artes e frases inspiradoras estão entre iniciativas

O mês de outubro é marcado pelas iniciativas de conscientização sobre o câncer de mama. Conhecido como Outubro Rosa, todas as áreas da sociedade desenvolvem ações de prevenção. As escolas da rede estadual também se uniram em projetos sobre o tema. Confira dois exemplos:

Confecção de lenços para doação

Na escola estadual Armando Araújo, no bairro da Mooca, na capital, alunas do Grêmio Estudantil estão realizando a confecção e customização de lenços que serão doados para pacientes que estão realizando quimioterapia. “Estou adorando poder ajudar as pessoas usando a minha criatividade. Acho muito importante essas conscientizações como a do Outubro Rosa”, afirmou Ingryd Silveira, aluna do 9º ano do ensino fundamental.

Uma das professoras a frente do deste projeto é Regina Christiane. Ela contou que a ação começou com uma aula de conscientização sobre a importância do exame de toque. Posteriormente as estudantes realizaram uma pesquisa e uma apresentação que foi compartilhada com toda a escola por meio do Instagram. “Quanto mais cedo iniciamos a conscientização da importância do autoexame, obtemos um melhor resultado para cura”, explicou a professora.

Panfleto de conscientização

Na zona sul da capital os alunos da escola estadual Professora Eurydice Zerbini tiveram o desafio de desenvolver um panfleto sobre a prevenção ao Câncer de Mama. A ação foi desenvolvida na aula eletiva ‘Você tem fome de quê? Você tem sede de quê?’ que aborda, por meio de rodas de conversas, cafés filosóficos, estudos, canto e dança, o tema socioemocional.

A professora responsável pela aula é Monalisa Cassis. Além da eletiva, ela também leciona língua portuguesa e conta que sempre teve bastante diálogo com os estudantes, sendo esta relação essencial para o aprimoramento das competências socioemocionais. “Eu sempre desenvolvi na escola este lado mais afetivo com os alunos”, explicou.

A professora avalia que a conscientização do Outubro Rosa é ainda mais importante durante a pandemia, pois pessoas que se encontram em tratamento, ou com alguém próximo realizando a quimioterapia, podem estar ainda mais afetados emocionalmente durante este momento. “Além de informações sobre prevenção os panfletos também têm o intuito de passar uma mensagem de esperança”, afirmou.