terça-feira, 18/09/2018
EJA - Educação de Jovens e Adultos

Paço das Artes ganhará nova sede na capital paulista

Instituição deixará o MIS para se tornar um dos mais importantes centros de arte contemporânea do Brasil

A partir desta semana, uma das principais instituições de difusão e produção de arte contemporânea do país terá novo endereço. O Paço das Artes, então localizado nas dependências do Museu da Imagem e do Som (MIS), ganhará nova sede no bairro do Higienópolis, região central da capital paulista.

A nova localização é estrategicamente importante para a instituição. Além de trazer mais visibilidade, o local ajudará com a manutenção de seus projetos de fomento à arte. A iniciativa é promovida pela Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo.

“Com sede própria, o Paço das Artes ganha autonomia para ampliar, ainda mais, a qualidade e o alcance do seu trabalho”, afirma o titular da pasta, Romildo Campello.

A entidade passará ocupar o Casarão Nhonhô Magalhães, um patrimônio histórico tombado em nível estadual pelo CONDEPHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo).

“A ideia é que o Paço das Artes se torne um polo de arte contemporânea no país. Esperamos que ele se consolide como um centro de referência e pesquisa da jovem arte contemporânea nacional e internacional”, explica Priscila Arantes, Diretora Artística e Curadora Chefe da unidade.

A instituição, criada em 1970, terá a transição oficializada na próxima quinta-feira (20) e contará com a apresentação da mostra individual de Regina Silveira, importante representante da arte contemporânea de projeção internacional.

Promoção à Cultura

O Paço das Artes é só mais uma das importantes instituições que colocam a cidade de São Paulo como um dos principais polos culturais do mundo. A capital abriga acervos dos principais artistas nacionais e internacionais de diferentes épocas. O fomento à cultura, dessa forma, é uma das responsabilidades do Governo do Estado para com seus cidadãos.

No começo deste segundo semestre, o lançamento do programa Cultura Ensina proporcionará 300 mil visitas gratuitas de estudantes e professores da rede estadual de ensino a cinemas, espaços expositivos e espetáculos teatrais e musicais.

“A cultura e o mundo das artes estimulam uma série de competências e habilidades socioemocionais que são fundamentais para o aluno lidar com o mundo afora”, comenta o secretário de Estado da Educação, João Cury.

Esse “casamente entre cultura e educação”, nas palavras de Cury, permitirá formar jovens com um nível elevado de conhecimento cognitivo que vai além das disciplinas apresentadas em sala de aula.

“A nossa juventude conhece pouco esse tipo de passeio. Quando ele sai um pouco da realidade e vem para algo que é visual e palpável, elas têm a tendência de aprender muito mais”, ressalta Rita de Castro, professora de Língua Portuguesa da E.E. Professor Aparecido Roberto Tonellotti, do município de Francisco Morato.

A nova sede do Paço das Artes, portanto, pode ser uma ótima opção de passeio cultural ao lado da família e amigos. Essa aproximação de projetos culturais é essencial para o desenvolvimento de todos paulistas.

Mais informações sobre a instituição em www.pacodasartes.org.br ou pacodasartes@pacodasartes.org.br