quinta-feira, 16/05/2013
Sociedade

Parceria entre Educação e Cartoon Network mobiliza alunos no combate ao bullying

Estudantes da E.E. Alexandre Von Humbolt assinaram compromisso para acabar com a prática

A escola estadual Alexandre Von Humboldt, na zona oeste da capital, recebeu nesta quarta-feira (15) a visita do secretário da Educação, Herman Voorwald, de representantes do Cartoon Network e dos demais parceiros da campanha “Chega de bullying, não fique calado”. No evento, foram apresentados os kits sobre o tema que serão usados em escolas da América Latina.

A iniciativa, iniciada em 2011, tem como objetivo proporcionar aos professores, estudantes, pais e funcionários das instituições de ensino maneiras práticas para lidar com o problema que afeta milhões de jovens em todo o mundo. “Toda a sociedade está na escola e, hoje, a educação responde pela formação do cidadão e do profissional, não só à luz do currículo, mas à luz de valores e princípios”, explica o secretário Herman Voorwald, destacando a importância de abordar o assunto nas escolas.

– Clique aqui para acessar o kit

Outro momento importante durante o evento foi a entrega da placa que confere a escola o título de unidade comprometida contra o bullying. Os estudantes da unidade já aderiram a campanha e assinaram o compromisso de combater a prática no ambiente em que vivem. O objetivo da Educação é mobilizar todos os mais de 4 milhões de alunos da rede estadual nesse compromisso.

– Assine aqui seu compromisso contra o bullying

Sistema de Proteção Escolar

O Sistema de Proteção Escolar, criado em 2009 pela Secretaria da Educação, visa à prevenção de conflitos no ambiente escolar, à integração entre a escola e a rede social de garantia dos direitos da criança e do adolescente e à proteção da comunidade escolar e do patrimônio público. O programa dispõe de manuais de apoio, distribuídos para todas as escolas da rede estadual que contêm orientações de como os gestores escolares devem lidar com as manifestações de bullying e outros tipos de agressões no ambiente escolar. Entre os materiais está o Manual de Proteção Escolar e Promoção da Cidadania.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

O sistema conta ainda com a atuação de professores-mediadores, profissionais que trabalham com práticas restaurativas e de mediação de conflitos no ambiente escolar. Hoje, 2.790 docentes desempenham esse trabalho em 2.397 escolas estaduais.