quarta-feira, 18/11/2015
Pais e Alunos

Começa o prazo para pedido de transferências para alunos de escolas reorganizadas

Os pedidos poderão ser feitos até o dia 25 de novembro

A partir desta quarta-feira (18), a Secretaria vai receber os pedidos de transferência de unidade. A solicitação é aberta aos alunos das 1.249 escolas reorganizadas em todo o Estado que não estão satisfeitos com as unidades ou turno indicados pela diretoria de ensino para matrícula em 2016.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Para fazer o pedido, pais e responsáveis (no caso de alunos menores de idade) devem se dirigir às unidades de interesse. É recomendável apresentar certidão de nascimento do estudante e comprovante de residência. Os requerimentos passam por uma análise das equipes gestoras e, havendo vaga, as transferências serão aprovadas. O resultado final deve ser divulgado em janeiro.

Em São Paulo, as classes devem respeitar a capacidade determinada a cada módulo. Dessa forma, nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental o limite é 30 alunos por sala; nos Anos Finais do Ensino Fundamental, o máximo é 35; e no Ensino Médio, a recomendação é não ultrapassar o número de 40 jovens.

As propostas de remanejamento feitas por cada Diretoria de Ensino consideraram a distância de 1,5 km entre a escola atual e a nova, além do ciclo de ensino oferecido. No entanto, caso seja da preferência das famílias, há a possibilidade de realizar o cadastro e solicitar a troca.

Consulta de matrículas

Pais, responsáveis, alunos e professores poderão acessar as informações sobre a matrícula e a transferência dos estudantes da rede estadual paulista por meio de um sistema de consulta pública.

– Acesse aqui o sistema de consulta

Para realizar a consulta na ferramenta online, basta informar o número do Registro do Aluno (R.A.). Após o preenchimento, os dados do estudante, o nome da escola atual e, em caso de transferência, o nome da unidade que ele irá frequentar em 2016 aparecerão na tela.

O R.A. pode ser fornecido pela escola ou consultado no Boletim Escolar, além de ser o mesmo número utilizado para acessar a Secretaria Escolar Digital. Caso não localize o R.A. de seu filho, basta consultar a carteirinha escolar ou procurar a unidade de ensino.