terça-feira, 06/04/2021
Notícia

Proatec flexibiliza condições e possibilita acesso a novos professores

Ação desenvolve o modelo de ensino híbrido nas escolas, através de tecnologias educacionais e práticas pedagógicas inovadoras

Docentes com bacharelado ou tecnólogo podem participar do Projeto de Apoio à Tecnologia e Inovação (Proatec). A ação promove a utilização de tecnologias educacionais e a adoção de práticas pedagógicas inovadoras, que assegurem a melhoria do fluxo escolar e a aprendizagem nas escolas estaduais de Ensino Fundamental e Ensino Médio.

Antes, a admissão era restrita a professores com licenciatura plena – efetivos (concursados), não efetivos (estabilizados) e temporários. A mudança, assim, estimula novos interessados para fomentar a qualidade da educação básica em todas as etapas, modalidades e nas rotinas de interação dos diferentes atores da comunidade escolar envolvida na adesão à cultura digital.

Entre outros pontos, o Proatec incentiva o desenvolvimento do modelo de ensino híbrido nas escolas, com a orientação e apoio a estudantes e profissionais da unidade escolar quanto ao uso e manuseio de equipamentos tecnológicos disponíveis, como notebooks, desktops, televisores, webcams, microfones, estabilizadores e tablets, além de identificar a necessidade de investimentos pontuais.

O trabalho dos atuais 6.896 docentes inseridos no projeto foi destacado pelo secretário de Estado da Educação, Rossieli Soares. “Buscamos oferecer igualdade de oportunidades no fluxo escolar e de aprendizagem, por meio de alguns softwares e recursos educacionais. Entre eles, na prática, o acesso ao Centro de Mídias da Educação de São Paulo (CMSP) e a Secretaria Escolar Digital (SED)”, indica.

Funções dos docentes na rotina educacional

– Realizar o acompanhamento do manuseio das plataformas digitais pela Rede e dos equipamentos de tecnologia pelas escolas;

– Elaborar formações a respeito das principais mudanças tecnológicas nas plataformas digitais da SEDUC-SP;

– Apoiar os professores, os estudantes e os responsáveis na utilização de todos os recursos digitais pedagógicos disponibilizados pela SEDUC-SP (ex: Diário de Classe, Minha Escola SP, SIMED, SMAE etc).

Seleção de interessados e carga horária

A equipe gestora das unidades de ensino é responsável pelo processo de seleção dos docentes interessados e formação de banco reserva. Professores interessados devem procurar uma escola com vagas disponíveis para participar do processo de seleção, conforme cronograma a ser informado pela escola.

Os docentes contratados poderão atuar no projeto, desde que possua aulas regulares atribuídas. A ação é presencial e a carga horária a ser cumprida será de 20 ou 40 horas semanais, distribuídas por todos os dias da semana.

Atualmente, são 6 mil vagas disponíveis.