terça-feira, 21/10/2014
Professores e Funcionários

Professora da rede está entre dez educadores premiados pela Fundação Victor Civita

Mara Mansani conquistou o prêmio Educador Nota. Ela concorreu com mais de 3 mil professores

Os 20 anos de magistério da professora Mara Elizabeth Mansani dedicados à alfabetização de crianças receberam reconhecimento nacional por meio do Prêmio Educador Nota 10, entregue na última segunda-feira (20), na Sala São Paulo, a dez docentes autores de projetos responsáveis por transformar as salas de aula de diferentes regiões do Brasil.

Mara é professora titular na E.E. Professora Laila Galep Sacker, em Sorocaba, e representou os educadores das 5 mil escolas estaduais de São Paulo. Para conquistar o título, seu trabalho de alfabetização que faz uso das lenga-lengas, pequenas histórias construídas com repetições e rimas, percorreu um longo caminho e disputou a colocação com mais de 3,5 mil projetos, sendo 801 de professores paulistas.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

“É a coroação de todo o esforço e trabalho que venho realizando. Esse prêmio renova minha motivação e agrega mais força para continuar desenvolvendo meus projetos. Quero que todos os professores se sintam donos da minha iniciativa e possam adaptá-la para alfabetizar seus alunos”, diz Mara.

O secretário da Educação Herman Voorwald representou o governador Geraldo Alckmin na cerimônia de premiação. Para ele, o educador comprometido exerce um papel fundamental para assegurar a qualidade da formação de um indivíduo. “O professor que compreende sua importância nesse processo de ensino e aprendizagem, que atua com seriedade, transforma vidas e inspira outras pessoas a fazerem o mesmo. O projeto da professora Mara demonstra isso e poderá inspirar outros docentes”, declarou Herman.

O Prêmio Educador Nota 10 é idealizado pela Fundação Victor Civita. Os dez professores vencedores do “Educador Nota 10” concorrem ao “Educador do Ano” e recebem uma assinatura anual da revista Nova Escola, um tablet e R$ 15 mil em dinheiro.

Reconhecimento profissional

Em um ano, a vencedora do Educador Nota 10 na edição de 2013, Carmem Machado que leciona a disciplina de arte na E.E. Benedicto Leme Vieira Neto, em Salto de Pirapora, viu sua vida profissional ser transformada depois do prêmio conquistado com o projeto de teatro e dança contemporânea “Sentiver – inspiração, conteúdo e leveza”.

A docente finalizou seu mestrado e percorreu estados do Brasil disseminando suas experiências. “Tudo o que um educador-pesquisador deseja é debater projetos que mostrem o potencial da rede pública. Quando ganhei o prêmio não imaginava que ele agregaria tanta visibilidade, credibilidade e possibilitasse o alcance que obtive”, diz Carmem.