domingo, 23/08/2020
Boas Práticas

Professoras de Campinas incentivam estudantes a enviarem cartas virtuais durante a quarentena

Atividade é uma parceria entre as escolas estaduais Orlando Signorelli e Jornalista Cecília de Godoy Camargo para as aulas de Projeto de Vida

A pandemia causada pelo coronavírus (Covid-19), não apenas interferiu na maneira em que abordamos e estudamos conteúdos pedagógicos, mas também nas relações sociais e emocionais que são construídas dentro das escolas. Pensando nisso, as professoras e amigas Elaine Morello da escola estadual Orlando Signorelli e Cristiane Braga Lima da escola estadual Jornalista Cecília de Godoy Camargo, ambas em Campinas, criaram o projeto ‘Cartas Virtuais’.

O intuito da ação é cultivar novas amizades e criar vínculos entre os estudantes, mesmo estando em escolas diferentes e em isolamento social, “Nos conhecemos há muito tempo, no ano passado trabalhamos juntas e sempre fazíamos parcerias. As nossas ideias se completam [..] Para mim foi o nosso elo de amizade que fez surgir este projeto”, explicou Cristiane Braga Lima.

As docentes são formadas na área de exatas: Elaine em Matemática e Cristiane em Física, mas além das aulas de suas especialidades elas também lecionam a disciplina de Projeto de Vida. É nessa aula que os alunos vão escrever as cartas. “Pode não parecer, mas o projeto tem relação também com as disciplinas de exatas. A matemática está em tudo, pois tudo tem matemática. Fazer amizades também é matemática e física”, afirmou Elaine Morello.

Todo o trabalho vai ser realizado online e para mobilizar os alunos do 9º ano do ensino fundamental e 1ª e 2ª séries do ensino médio, as professoras encaminharam um vídeo sobre a amizade e perguntaram como eles se sentem em relação ao tema durante a pandemia. Agora os estudantes, através de um formulário, vão escrever suas cartas e escolher aleatoriamente um aluno para enviar, selecionando apenas pela série e número de chamada, sem saber sua identidade.

Nas cartas os estudantes são incentivados a escrever sobre sua personalidade (o que gosta de fazer; qual sua comida favorita; se tem animal de estimação; qual a sua matéria preferida; qual seu gosto musical e também sobre seus sentimentos durante a quarentena. No final as professoras irão promover uma conversa de vídeo entre remetente e destinatário para que se conheçam e conversem sobre as cartas que enviaram e receberam.