segunda-feira, 15/08/2005
Últimas Notícias

Professores da rede estadual participam de projeto Laboratório Educativo: Meio Ambiente e Cidadania no Hopi Hari

A partir do dia 26 de agosto, 2020 do ensino fundamental professores da rede estadual participarão do projeto Laboratório Educativo: Meio Ambiente e Cidadania, no Hopi Hari. Eles participarão de oficinas sobre reciclagem, separação de lixo e tratamento de esgoto. Ao todo são 1476 da capital e grande São Paulo e outros 544 de dez […]

A partir do dia 26 de agosto, 2020 do ensino fundamental professores da rede estadual participarão do projeto Laboratório Educativo: Meio Ambiente e Cidadania, no Hopi Hari. Eles participarão de oficinas sobre reciclagem, separação de lixo e tratamento de esgoto.

Ao todo são 1476 da capital e grande São Paulo e outros 544 de dez cidades nos arredores do parque. São elas: Jundiaí, Campinas Leste, Campinas Oeste, Bragança Paulista, Mogi Mirim, Sumaré, Capivari, Itu, Americana e Limeira.

O evento de lançamento do projeto foi realizado no dia 12 de agosto, no parque Hopi Hari e contou com a presença do secretário adjunto de Estado da Educação Paulo Alexandre Barbosa, do jornalista Gilberto Dimenstein, do educador e escritor Rubem Alves, do ator Marcos Frota.

“Um projeto como este melhora a qualidade da educação em São Paulo e a capacitação de professores é uma das prioridades da Secretaria. Como diria Paulo Freire: ninguém sabe tudo e ninguém ignora tudo, por isso acredito que é importante aprender sempre”, afirmou Paulo Barbosa.

As oficinas serão realizadas no próprio parque até novembro e abordarão os temas: tratamento de esgoto e reciclagem de lixo a partir de visitas monitoradas nos sistemas de tratamento do parque. Após as oficinas, os professores poderão ampliar e aprofundar os assuntos em sala de aula de 5ª a 8ª série.

Laboratório de Física

Esta é a segunda parceria de sucesso com o Hopi Hari. No ano passado, 1700 professores de Física da capital, grande São Paulo e interior participaram de oficinas no parque. Nos próximos meses, é a vez de mais 600 docentes conhecerem o parque e as oficinas de física.